Gil Sóter

Projeto lança museu virtual sobre vida e obra de Nilson Chaves


#Música

Imagem: divulgação


Nilson Chaves é figura elementar da cultura popular nortista. Com cerca de 900 mil discos vendidos e 27 álbuns lançados, a obra do cantor e compositor paraense atravessa gerações e estabeleceu hinos da música amazônica, como “Sabor Açaí”, “Olho de Boto” e “Tô que tô saudade”. Para celebrar os 70 anos de vida do artista, lançou, na última sexta-feira (16), um portal dedicado a reunir fotos, vídeos, músicas, composições, letras e a biografia de Nilson. Além disso, o projeto lança também o single de seu novo disco.



“Nilson tem uma obra central na construção estética da identidade musical amazônica, contribuindo de forma determinante para borrar as fronteiras entre regionalismo e world music, ao ressignificar musicalmente os referenciais rítmicos e poéticos das diversas expressões artísticas da cultura popular da Amazônia”, diz Pedro Viana, poeta, músico e diretor artístico do projeto que celebra as sete décadas de vida de Nilson Chaves.



Batizado de “Segue o Barco”, o projeto traz no nome o lema do artista. Nilson conta que chegar aos 70 anos nos palcos, com disco novo, e tantos planos é um brinde à vida depois de ter enfrentado a Covid-19, que o debilitou de forma aguda, mas que foi superada. “Esse momento celebra o milagre, o amor, a vitória da saúde. Me sinto premiado com esse projeto. ‘Segue o barco’ representa isso: vamos em frente, brindando a vida, brindando parceiros antigos e novos parceiros. Esse projeto é uma vitória do carinho, da vida, da energia positiva”, comemora.







Ainda neste semestre, o projeto lança videoclipe, o novo disco e promove um grande show de 70 anos do artista, que vai trazer diversos convidados nacionais. “Vamos fazer de 2022 o ano d celebração de Nilson, o maior artista de expressão amazônica da música popular brasileira”, diz Pedro Vianna.



O portal com a vida e obra de Nilson Chaves abre as comemorações dos 70 anos do artista. O site oficial será um museu virtual, com um vasto acervo: biografia, discografia, letras, músicas, vídeos galeria de fotos, agenda de shows, notícias. “Nilson tem relevância nacional, é referência pra muita gente. Apesar disso, durante o processo de pesquisa para o projeto de 70 anos, percebemos que é escassa a quantidade de informação sobre sua vida e obra. O site preenche essa lacuna. E mesmo depois do lançamento, o portal estará em constante atualização, porque continua chegando muit material para gente, vindo de todo lugar do Brasil”, conta Pedro.



“Quando eu pensei em fazer o show dos 50 anos aqui em Belém, também pensei, isso é uma doideira, como é que eu vou juntar esses caboclos todos para cantar a minha música? Botar todos esses caras para mexerem na minha obra. Cara, eu não ouvi um não. Não vieram apenas Leci Brandão, que estava na África, e daí não podia vir realmente; e o Ney Matrogrosso, que também estava com um show marcado na data, mas mandou um vídeo, que a gente postou na hora do show com ele falando”, relembra Nilson.

Single

Também na última sexta-feira (16), lançou em todas as plataformas digitais de streaming o single do disco “Segue o Barco”. “Porque soube que tu vinhas” é um reggae com letra de Alex Ribeiro e melodia de Nilson Chaves. A música traz um arranjo que mistura elementos do reggae com a música regional paraense.


Serviço: Lançamento do site www.nilsonchaves.com.br, e do single “Porque soube que tu vinhas”, em todas as plataformas streaming. Siga também o Instagram @nilsonchavesoficial.

Texto: Gil Sóter (Assessoria de Imprensa)
  • Preto Ícone Twitter
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon