top of page

9 de abr. de 2024

  • Preto Ícone Twitter
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

Gil Sóter

Potência da música ancestral afro-amazônida, Maiara Almeida lança "Minha cura"


 Depois de muitos trabalhos junto a grupos da cultura popular, a compositora celebra sua estreia em carreira solo


#Música

Imagem: divulgação.

É no tambor que Maiara Almeida abre caminhos. Percorreu diversas regiões do Brasil em seus estudos sonoro. Depois de muitos trabalhos junto a grupos da cultura popular, a compositora celebra sua estreia em carreira solo. “Minha Cura”, em single e clipe, já estão disponíveis nas plataformas digitais.


No couro ancestral, no som da percussão preta, ela volta para casa. Jovem cantora, compositora e multinstrumentista paraense, tem anos de pesquisa em vertentes musicais das culturas afro-diaspóricas: do carimbó ao maracatu.


Anúncio



A canção traz uma base instrumental de regional brasileiro, “Minha cura” dialoga com o samba, coco e maracatu. De arranjo forjado na música popular raiz e música popular contemporânea, a canção mescla elementos da música pop negra a instrumentos eletroacústicos e timbres eletrônicos, na busca de uma identidade sonora original.


“Através do toque do tambor, retornar para casa, se curar, se alimentar da ancestralidade. Essa música sintetiza tudo isso, a dança, as rodas de rua, a relação com a mata, que é de onde a gente tira o nosso tambor, os nossos instrumentos. Isso é muito forte e acho que poderia curar muita gente também”, diz Maiara



Serviço: Maiara Almeida lança o single e o clipe “Minha Cura” em todas as plataformas musicais.
Instagram @maiaara.almeidao

Anúncio

#COLUNAS

WhatsApp Image 2024-02-14 at 21.21.23.jpeg

Franciorlis ViannZa - Escritor 

Paulo Ferreira - Escritor e Jornalista

bottom of page