Andreza Gomes

Os Tapetes Contadores de Histórias desembarcam em Marabá

#Contação

Imagem: divulgação.


Depois do grande sucesso de público em Belém e Igarapé-Miri, a exposição interativa “Peraltagens”, do grupo carioca Os Tapetes Contadores de História, chega ao sudeste paraense nesta sexta-feira (09/09), com coquetel de lançamento às 19h30, no Sesc Marabá. A magia das narrativas orais, do imaginário latino e da brincadeira são o foco do projeto, que chega pela primeira vez ao estado do Pará. A visitação estará aberta de terça-feira a sábado, das 10h às 18h, até 24 de setembro, com entrada gratuita. Haverá também algumas sessões de contação de histórias ao longo deste período. Sessões para família aos sábados em dois horários: 10h e 11h, com distribuição de senha uma hora antes no Sesc Marabá.



O grupo formado por dois artistas brasileiros e dois artistas peruanos, há duas décadas, costura tapetes, painéis, livros e caixas de pano, e se enveredam pelo mundo mágico da contação de histórias. “Nós temos um acervo grande de cenários costurados, e estar diante do público e ser contador de história nos deixa muito felizes. Crianças e adultos poderão conhecer o mundo por meio da contação de histórias”, relata Warley Goulart, coordenador e curador do projeto.



O acervo apresentado na exposição é exclusivo do grupo, pioneiro no Brasil na costura de cenários de pano para se contar histórias. Os Tapetes Contadores de Histórias já visitaram mais de 14 países ao longo de 24 anos e sempre mergulharam na tradição oral e na literatura infanto juvenil. “As narrativas orais e em contos apresentam obras de Carlos Drummond de Andrade, Ana Maria Machado, Ricardo Azevedo, Graciliano Ramos. E haverá também sessões com intérprete de libras”, explica o curador.





Os objetos deste acervo único ficam à disposição para serem manuseados com todo o carinho pelo público. O projeto “Peraltagens com Os Tapetes Contadores de História” conta com o patrocínio do Instituto Cultural Vale, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério do Turismo, e apoios institucionais do SESC Pará e MOCOHAM - Movimento de Contadoras e Contadores de Histórias da Amazônia.



A programação em Belém teve sessões para escolas, com intérpretes de libras e muita ludicidade, cores e encantamento pelos painéis coloridos, tapetes e livros bordados que aproximaram afetivamente todo o público presente. Cenário este que se repetiu em Igarapé-Miri. Warley Goulart conta que o grupo ficou encantado com a terra do Açaí e que a cada lugar que passam aprendem muito com a cultura local, levando isso para o seu trabalho, “foram experiências gratificantes, com ótimas expectativas para encerrar a temporada em Marabá”, projeta.



SERVIÇO: Exposição “Peraltagens” - Os Tapetes Contadores de Histórias (RJ)
Abertura: Sexta-feira (09/09) às 19h30 - Visitação: Até 24 de setembro, das 10h às 18h; Aos sábados:Sessão para a família no horário às 10h e 11h, com distribuição de senha uma hora antes.
Onde: Sesc Marabá (Av. Transamazônica, 1925 - Cidade Nova);

Evento Gratuito - Acompanhe: Instagram @tapetescontadores

Texto: Andreza Gomes (Assessoria de Imprensa)
  • Preto Ícone Twitter
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon