top of page

9 de jun. de 2023

Jaqueline Ferreira

Festival Banzé exalta a cultura afro-brasileira e a música preta feita na Amazônia



#Festival

Imagem: divulgação.


De origem africana, da língua Yorubá, “Banzé” tem alguns significados como barulhento, festa ruidosa, festa popular e folia. Com base nesses conceitos, o Festival Banzé chega com a proposta de ser um evento para fazer “barulho” voltado para a valorização das influências de origem negra na cultura e identidade amazônica.


O evento vai reunir, no sábado (10), na Casa de show Porto Palmeiraço, Jeff Moraes, Diogo Rosa, Iara Mê e a DJ Jack Sainha, em um grande encontro com a cultura afro-brasileira.


Anúncio



“Queremos promover o encontro da música preta, regional e brasileira mostrando um pouco de toda essa diversidade nas artes que temos na nossa cidade. Trazemos para o evento, a experiência e amadurecimento que já temos com o Samba de Zé, que levou a cultura do samba e da afro religiosidade para as ruas da Cidade Velha. O Banzé é a expansão dessa ideia e da cultura de terreiro para a cultura afro-amazônica mais pop, atual”, destaca a idealizadora do evento, Jeisiane Lima.


Serviço: Festival Banzé
Data: Sábado (10/06) Hora: 20h
Local: Casa de Show Porto Palmeiraço (Rua São Boaventura, 26. Cidade Velha). Ao lado do Mercado Porto do Sal.
Informações: 91 98227-0612 | @festivalbanze

Anúncio

bottom of page