top of page

15 de mar. de 2024

Fábio Barbosa

Cineclube promove diálogo sobre a produção cultural em comunidades ribeirinhas


 Serão apresentados dois filmes autorais que abordam temáticas sobre as riquezas culturais e tradições do território Borari


#Audiovisual

Rosa de saberes - Imagem: Barbara Vale / Divulgação.

O Instituto Regatão Amazônia promove neste sábado (16/03), a primeira exibição do seu CineClube. Com a mediação de Marlena Soares e Zek Nascimento, serão apresentados dois filmes autorais que abordam temáticas sobre as riquezas culturais e tradições do território Borari. O evento é gratuito e ocorrerá no centro de Alter do Chão, em Santarém (PA).


“Cineclubes são espaços democráticos que promovem educação e contribuem para a formação de público nessa arte. E promover acesso aos produtos audiovisuais dos nossos fazedores é essencial para nós. Após a exibição dos filmes, será formada uma grande roda de troca de saberes para que os convidados apresentem seus trabalhos, suas percepções sobre o potencial cultural e turístico, além de trazer também as suas angústias e sugestões para amplificar a nossa bioeconomia criativa“, destaca Marlena Soares, Presidente do Instituto Regatão Amazônia.


Anúncio



“Em Alter do Chão temos aproximadamente 150 agentes culturais cadastrados no Mapa Cultural do Pará, o objetivo deste evento é abrir um espaço de escuta e diálogo entre os agentes, artistas, associações, pontos de cultura e empreendedores culturais da vila, com pessoas que tem atuação em diversas áreas”, revela Zek Nascimento, Diretor de Administração e Finanças do Instituto.



Serviço: CineClube Regatão
Dia: Sábado (16/03) às 19h
Local: Sede do grupo Suraras do Tapajós (Travessa Frei Cristóvão, s/n, entre Rua Lauro Sodré e Rua Turiano Meira)
Entrada gratuita (Informações @regataoamazonia)

Anúncio

bottom of page