Roberta Brandão

Carimbó do Por do Sol finaliza temporada com Mestre Lourival Igarapé


#Show

Imagem: divulgação.


Projeto Carimbó do pôr do sol que acontece às sextas-feiras, a partir das 17h lá no Espaço Cultural Na Maré (@namarerestaurante), vai encerrar a temporada de julho recebendo um mestre da cultura popular, Lourival Igarapé (@mestre.lourivaligarape), que está em circulação com a divulgação do álbum denominado “Queimadas”. De acordo com a idealizadora e produtora do evento, Lorena Savedra (@lorenacultura) esse encerramento é o começo de um novo ciclo das sextas com carimbó. O que era pra ser um evento em julho como opção pra quem ficava na capital deu certo e agora irá continuar.” Lourival Igarapé vem e marca a última sexta-feira de julho, que na verdade é o início de um grande projeto”, revela a produtora.



A ideia do projeto “Carimbó do por sol'' é que a cada sexta-feira aconteça uma apresentação diferente dando oportunidade para muitos dos grupos de carimbó de Belém. Segundo o levantamento realizado pelo movimento do carimbó, são mais de 45 grupos em atividade na Região Metropolitana, ainda existem os do interior do estado. Na visão da produtora cultural Lorena Savedra é preciso ações que contribuam com a salvaguarda do carimbó que carrega o título de patrimônio cultural imaterial brasileiro. “Apesar de Belém ser a terra do carimbó, nós temos poucos espaços com estrutura e remuneração para os grupos de carimbó. Atualmente não tem um local que você vá na sexta e esteja tocando carimbó no centro de Belém. Aliás, não tinha porque o nosso evento quer garantir que os visitantes e amantes da nossa cultura tenham essa oportunidade de curtir uma boa roda de carimbó, no pôr do sol e na beira do rio”, finaliza, Savedra.

Na estreia no palco do Na Maré, Lourival revela o que o público pode aguardar nesse show. “Podem esperar muita música autoral e com uma galera nova, empolgada, nós vamos para conquistar o público”, revela Lourival. A banda que acompanha o mestre nos show é composta carimbozeiros da nova geração da cena belenense como Dani Gatinho, Elis Tarcila, Luciane Bessa, Yago Martins, Cris Salgado, Priscila Duque, Ariel, Índio Moreno, Sheetara das Maracas. Esta é uma das características do autor de Queimadas: a preocupação com um futuro sustentável está presente nas letras compostas e na trajetória desse carimbozeiro.



O EP lançado no final do ano de 2021 contou com a participação de 32 carimbozeiros de distintas gerações como Ney Lima Pela Paz , parceiro do mestre em Queimadas, Hugo Caetano (Falsos do Carimbó) em Flores para Iemanjá e Priscila Duque (carimbó Cobra Venenosa) na faixa Mistura de Terreiro. A canção “Pajezinho” é um alerta de que “água sumiu sumiu”. "Chuva de Sapo” é uma observação do cotidiano do mestre que presenciou no seu quintal o reencontro de um casal de sapos.



Serviço: “Carimbó no Por do Sol” Lourival Igarapé Dia: Sexta-feira (29/07) Horário: 18h. Local: Restaurante Na Maré (Rua Boa Ventura, n°12, Cidade Velha). Informações: (91) 98043-9186.


Texto: Roberta Brandão (Assessoria de Imprensa)



  • Preto Ícone Twitter
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon