Roberta Brandão

Belém recebe "Festival Internacional de Mulheres Cômicas do Pará"


#Festival


Imagem: divulgação.


"Vem ca tua graça, vem"! foi o nome escolhido para o festival, pois faz alusão ao vocabulário da Matutagem, núcleo do Teatro dos Pássaros - uma opereta popular, criada aqui na nossa terra paraense, em que o riso, o deboche e o escárnio dos personagens populares, das terras Amazônicas são exaltados entre os brincantes da cena. Contemplado pelo edital Preamar e idealizado pelo Núcleo de Mulheres Cômicas de Belém, As Preciosas Ridículas, o evento será realizado de forma híbrida no Youtube, no Teatro Waldemar Henrique, na Escola de Teatro e Dança da UFPa (ETDUFPa) e no Casarão dos Bonecos. Vão haver participações de convidades internacionais, interestaduais e regionais. Debates, oficinas e apresentação de palhaçaria estão dentro da programação que inicia no próximo sábado, com a mesa virtual "Comicidade de Mulheres e Corpos políticos" e se encerra com a mostra “Égua do Cabaré” que reúne 11 mulheres que vão apresentar números que levam a reflexão através do bom humor e ironia.




C“Mulher não podia ser palhaça; cômicas e atrizes eram taxadas de cortesãs, prostitutas. Rir não nos era permitido”, é o que aponta as pesquisas da nutricionista, palhaça e pesquisadora, Romana Melo, que também integra o coletivo Preciosas Ridículas . Nos últimos anos, o movimento da comicidade feminina, principalmente na linguagem da palhaçaria, vem se fortalecendo e ganhando diversas dimensões. No Pará existe um número relevante de mulheres artistas que atuam neste fazer, trazendo novas abordagens para a cena e possibilidades de trocas diálogos, debates e vivências na atuação da mulher cômica amazônida e no olhar feminista para o corpo cômico feminino. “Será o primeiro evento deste porte no estado, trazer mulheres e comicidades em suas múltiplas possibilidades, tendo em conta as dimensões tanto estéticas quanto políticas. Pretendemos criar um espaço de trocas artísticas, diálogos, debates e partilha de vivências, fortalecendo e expandindo as nossas redes dando, assim, maior potência às nossas poéticas”, explica Romana que também integra a organização do evento.






A mesa virtual discutiu a "Comicidade de Mulheres e Corpos políticos" e temas transversais transmitidos no canal no Youtube Oficial das Preciosas Rídiculas, no último sábado (29/10). O debate contou com a presença das artistas pesquisadoras: Dani Mirini (AC) Tefa Polidoro (SC) e Julieta Hernandez (Venezuela).



A programação compreendida entre os dias 01/11 até 03/11 vai acontecer no Teatro Waldemar Henrique. No horário de 9h às 13h, será realizada a Oficina de "Linguagens e Princípios da Bufonaria", ministrada presencialmente pela Prof.a Joice Aglae (UFBa). São 20 vagas, com inscrições através do link (AQUI), no valor de R$10,00. No período da noite, a partir das 19h, o teatro abre as portas para os espetáculos, das artistas: Assucena Pereira (PA), Céu Clara López Iglesias (Equador/Brasil) e Joice Aglae (BA).




No dia 04/11, às 19h, vai acontecer um roda de conversa na Escola de Teatro e Dança da UFPa (ETDUFPa), com a presença do público e de mulheres da cena Cômica do Norte/Nordeste brasileiro e eixos da Amazônia Latino Americana (evento Gratuito). O encerramento do Festival vai ser dia 05/11 com o "ÉGUA DU CABARÉ", a partir das 19h, no Casarão do Boneco (Valor do ingresso "Pague Quanto Puder"). As artistas convidadas vão apresentar números que propõem o riso e o escárnio a cerca de reflexões sobre ser Mulher, os sabores e dissabores em meio a diversidade de cores, classes, universos próprios em diálogo com o mundo.




Informações disponíveis no instagram das @preciosaridiculas.


Texto: Roberta Brandão (Assessoria de Comunicação)



  • Preto Ícone Twitter
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon