Theatro da Paz apresenta "O Profeta" de Khalil Gibran

#Espetáculo

Imagem: divulgação.


Depois do sucesso de público e crítica da montagem teatral: “Helena Blavatsky, a voz do silêncio” (ainda inédita em Belém), a autora e filósofa Lúcia Helena Galvão (@profluciahelenagalvao) repete a parceria com o encenador Luiz Antônio Rocha (@luiz.antonio.rocha), em "O Profeta". Em seu segundo desafio para teatro, a autora faz uma releitura filosófica da obra do poeta libanês. A apresentação é única, no dia 13 de agosto, às 19h, no Theatro da Paz. Ingressos à venda.




Em agosto o público de Belém terá oportunidade de ver, no palco, as reflexões de “O Profeta”, de Khalil Gibran, o segundo livro mais lido do mundo depois da Bíblia, já traduzido para mais de 100 idiomas, trazendo como mensagem, a história da jornada turbulenta e incerta do homem pela vida.




“O profeta está enraizado na própria experiência do autor como um imigrante e serve de inspiração para qualquer um que se sinta à deriva em um mundo em fluxo. A vida e os pensamentos de Khalil Gibran se entrelaçam com as nossas vidas e compõem parte importante do que somos”, diz a autora.




Lucia Helena Galvão é professora da Nova Acrópole do Brasil há mais de 30 anos, ministrando aulas e palestras sobre diversos temas como Ética e Moral, Sociopolítica, Filosofia da História, Introdução à Sabedoria Oriental, Psicologia, Simbologia Teológica, Arte, Estética e História Antiga. No Canal da Nova Acrópole no YouTube é possível encontrar mais de 900 palestras dela disponíveis, com mais de 950 mil inscritos e 100 milhões de visualizações.




Em doze ensaios poéticos, baseados na obra de Gibran, a história desafia o vazio e descortina a beleza das ideias sobre o que ocorre entre o nascimento e a morte. Temas profundos e atemporais como amor, dor, filhos, trabalho, tempo, liberdade, alegria, tristeza, morte, entre outros, são abordados com a ternura e a sabedoria que vem do Oriente. Numa atmosfera de enlevo e encantamento a peça é um convite para sermos dignos da vida e a viver ao nível do que há de mais elevado em nós.




LIVE: No dia 8 de agosto, Lúcia Helena participa de uma live sobre a montagem, ao lado do diretor Luiz Rocha e do músico e cantor libanês Sami Bordokan, que assume o papel título do espetáculo, além de Daniel Araújo (@daniel_araujo3000), diretor do Theatro da Paz. A mediação é de Lênon Raiol, da @novacropolebelem.





Serviço: “O Profeta”, de Kalil Gibran. Apresentação no dia 13 de agosto, às 19h, no Theatro da Paz (Rua da Paz S/N - Centro - Belém-PA). Ingressos à venda na bilheteria física e virtual do teatro. Ingressos na Bilheteria Virtual.


Texto e Fonte: Luciana Medeiros (HOLOFOTE VIRTUAL - @holofote_Virtual)


Palavras-Chaves