Mostra Mapa do Afeto inicia com palestra virtual

#MostraMapaDoAfeto

#PalestraVirtual


Imagem: divulgação.


O Circular Campina Cidade Velha realiza, na próxima semana, a palestra “Encruzilhada digital: memória, afetividade e patrimônio”, uma das ações da Mostra Mapa do Afeto, projeto contemplado pelo edital Culturas Populares (FIDESA, Secult-Pa) , da Lei Aldir Blanc.




A transmissão será na quarta-feira, 30, às 19h, pelo YouTube, com participação do antropólogo e cientista social Milton Ribeiro e do professor Renato Cymbalista do Mestrado em Cidades Inteligentes e Sustentáveis da UNINOVE. A mediação é de Tadeu Costa, professor do curso de Bacharelado em Museologia da FAV/ICA/UFPA.




O evento busca promover diálogos e debates sobre o lugar da memória, da afetividade e do patrimônio no espaço urbano, com foco específico para a construção de olhares e fazeres que compreendam o centro histórico citadino como um território de produção de resistências, permanências e transformações, ponto-chave das ações do Projeto Circular Campina Cidade Velha, em Belém (PA).




A utilização da metáfora da encruzilhada tem como objetivo principal recuperar caminhos de entradas e saídas viabilizadas pelo cruzamento de iniciativas locais com perspectivas regionais/nacionais, que privilegiam a relação entre educação, diversidade sociocultural e patrimônio para a criação de redes educativas de valorização das nossas histórias.





Renato Cymbalista coordena o grupo de pesquisa “Lugar de Memória e Consciência” (USP/CNPq), é um dos diretores do FICA - Associação pela Propriedade Comunitária e integra o corpo diretivo da Casa do Povo. Foi professor visitante nas universidades Parsons - the New School of Design; Université Paris VII (Diderot), entre outras e é autor de artigos e livros sobre o espaço urbano, entre os quais “O guia dos Lugares Difíceis de São Paulo” e “Situando Jane Jacobs”.




Milton Ribeiro é professor, pesquisador e estudante, de doutorado (UEPA/UFPA) e editor da Revista Eletrônica Visagem e da Revista Novos Debates da Associação Brasileira de Antropologia. Tadeu Costa, que irá mediar a mesa, é também Doutorando do PPGArtes/ICA/UFPA e Mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC/SP, além de Especialista em Museologia pelo MAE/USP.





Culminância será em agosto com evento presencial


A iniciativa é mais uma plataforma de trabalho do Circular Campina Cidade Velha, projeto que há 8 anos vem realizando ações e promovendo o debate no centro histórico de Belém, com temas voltados à educação patrimonial, moradia social, turismo sustentável e estímulo à cultura e a economia criativa nos bairros históricos de Belém.




A culminância será em agosto com o lançamento presencial da obra, com direito a exposição de fotografias, apresentação musical, projeção de videomapping, além de roda de conversa com a presença de moradores, circulantes e pesquisadores do livro Mapa do Afeto.



“O objetivo é valorizar e potencializar as relações de vizinhança e identidade sociocultural de moradores e visitantes desses espaços, despertando memórias materiais e imateriais e provocar a reflexão sobre o espaço de moradia e a relação da cidade com os bairros do Centro Histórico”, diz Adelaide Oliveira, atual coordenadora do Circular Campina Cidade Velha.





Serviço

Mostra Mapa do Afeto - Circular Campina Cidade Velha - Palestra “Encruzilhada digital:

memória, afetividade e patrimônio”. Transmissão ao vivo na quarta-feira, 30 de junho, às 19h, pelo YouTube do Circular Campina Cidade Velha.



Texto: Luciana Medeiros (91) 98134-7719 (Holofote Virtual)


138 visualizações