Empreendedorismo ribeirinho e a loja virtual Ygara

Atualizado: Jun 16

#EmpreendedorismoRibeirinho


Imagem: divulgação.

Empreendedorismo e criatividade são os sinônimos da Ygara, loja virtual do Projeto Alimentação Ribeirinha Ativa (ARA), que entrou em funcionamento na última quinta-feira (10/06). O projeto foi selecionado pelo Edital de Cultura Alimentar da Lei Aldir Blanc Pará, e tem no cacau cultivado na comunidade de Piriquitaquara, na ilha do Combu, o produto base de comercialização, e no casal Gerson Teles e Iracema Nascimento, os idealizadores.




O nome da plataforma vem da loja Ygara Artesanal & Turismo, coletivo formado por nativos ribeirinhos cujos integrantes aprenderam a prática do extrativismo, do beneficiamento, da produção e da comercialização de produtos e alimentos, prática passada de geração a geração e que, naturalmente vem encontrando dificuldades na condução e gestão, especialmente neste período pandêmico, quando o isolamento social se tornou imprescindível e fez desaparecerem os consumidores e visitantes da loja física.





Mais do que um negócio o ARA é um estilo de vida ao qual todos são convidados a conhecer e usufruir do que lá é produzido artesanal e organicamente, de maneira a poder oferecer produtos diferenciados e saudáveis, como as polpas de frutas regionais além da confecção de chocolate nativo, cujas propriedades antioxidantes são amplas e atuam diretamente no aumento da imunidade do organismo. Uma troca constante com os produtores é possível por meio das redes, e neste endereço do Instragram @ygaraartesanal são encontradas dicas preciosas.



Imagem: divulgação.


“O apoio da lei de emergência cultural chegou na hora certa atendendo a necessidade de dar continuidade aos processos de cuidado, preservação e manutenção do meio ambiente ribeirinho”, fala Gerson sobre o caráter ambíguo que situa a cultura alimentar ribeirinha entre a necessidade econômica e a valorização dos produtos orgânicos, que influenciam diretamente a identidade cultural da região.




E continua: “é fundamental que ocorra a transmissão de conhecimentos para que a cultura do extrativismo e da produção de alimentos orgânicos continuem sendo feitas à luz do respeito da nossa identidade”, conclui o ribeirinho vindo do Baixo Acará que convive, desde que nasceu, com as diversas atividades do extrativismo vegetal e animal, praticado por toda a família. Desde os 9 anos já ajudava no manejo e na coleta dos produtos, e aos poucos foi liderando um grupo formado por irmãos e vizinhos organizando a produção, a gestão e formas de usufruto desses alimentos que integram o habitat natural.




Para o lançamento da plataforma visual uma programação foi pensada para fazer chegar ao público um pouco da história da Ygara. A live ‘Pensando juntos: da matéria prima ao produto final’ (dia 8) reuniu Gerson e Iracema com os convidados Flavia e Marcus Raiol, da Divino Orégano, para falar sobre um processo de produção que agrega afeto e tradição, o caminho percorrido para chegar aos restaurantes de Belém, e os benefícios da parceria em relação à cultura alimentar. Dia 9 foi lançado o vídeo sobre o ciclo do cacau, onde se pode acompanhar o dia a dia do casal empreendedor de Piriquitaquara. E hoje a loja virtual já está em funcionamento. É só acessar AQUI.





Serviço: Lançamento da loja virtual Ygara

Endereço: https://ygara-artesanal.lojaintegrada.com.br/ / Instagram:

@ygaraartesanal / Contatos: Gerson (Charles) Teles (91) 98811-3979 e Iracema

Nascimento (91) 99637-4226.


Texto: Maria Christina (91) 98198-9370 (Assessoria de imprensa)

110 visualizações

Posts recentes

Ver tudo