Cantora Ruth Costa canta as vozes de artistas negras em LIVE no dia 26 de Agosto

#RuthCosta

#LIVE

Imagem: divulgação.

A abertura dos bares é um sinal positivo para os músicos de Belém que ficaram parados mais de um ano por conta da pandemia. Mas muitos artistas pegaram o gosto pelas lives e estão intercalando os shows ao vivo com as apresentações virtuais já que boa parte da população ainda não está totalmente imunizada. É o caso da cantora Ruth Costa que no dia no dia 26 de agosto, quinta-feira, faz uma live às 20 horas, no canal Pará Pai Dégua (Youtube) e no dia 05 de setembro faz uma apresentação no espaço Taba da Comédia, no bairro da Cidade Velha.




Ruth Costa ainda não voltou com a mesma rotina de antes da pandemia, segundo ela o motivo é simples: "Por questão de cuidados comigo, estou retomando aos poucos". A volta gradual da artista aos palcos vai seguir todos os protocolos de segurança, afinal a pandemia não acabou e mesmo a situação afetando a carreria e o bolso da cantora, a segurança vem em primeiro lugar.




Profissionalmente, Ruth Costa canta há dois anos em meio. A carreira dela tem sido marcada pelo samba, que adora cantar e também pelo blues, que escuta muito para produzir. Tem influências como a musa Elza Soares, Jovelina Pérola Negra, Ivone Lara e a jazzista internacional Nina Simone. Ela faz parte do "Donas do Batuque", um grupo de samba formado só por mulheres na roda de samba e bateria show.





A questão racial é muito presente na carreira desta jovem cantora. Mulher negra, ela afirma que a cor da pele ajuda bastante, porque lhe dá forças. Enaltecer a música feita pelo povo preto é um dos propósitos. "Mas por outro lado também dificulta, por conta do racismo estrutural", lamenta Ruth.



"Eu cantava na igreja desde criança, cheguei a compor lá também" Ruth recorda o passado. Mas é no futuro que ela está de olho. Está em processo de lançamento de uma música autoral pelo EP Bumba meu Bass, do DJ Proefx. Também está no processo de pré produção de um single e do vídeo clipe "Sou Mulher Preta" que traz muita representatividade e tem como foco a saúde mental da mulher negra. Dentro desse contexto, pretende realizar cine-debates sobre o tema, utilizando o vídeo-clipe como

recurso para as discussões.




Quem quiser conhecer o trabalho da cantora Ruth Costa é só não perder a Live do proximo dia 26 de agosto, quinta-feira pelo canal Patrá Pai D'Égua no Youtube e quem quiser conferir a artistra de perto ela vai fazer uma apresentação especial no espaço Taba da comédia, na Cidade Velha mostrando que a voz negra tem seu lugar e espaço nas noites da capital paraense.





SERVIÇO

Live dia 26 de agosto, às 20 horas, quinta feira, pelo canal Pará Pai D ́Égua no Youtube. E Show no dia 05 de setembro, no espaço Taba da Comédia, no bairro da Cidade Velha.


Texto: Nielson Bargas (91) 98903-4115 (Assessoria de Imprensa)


281 visualizações

Posts recentes

Ver tudo