Projeto "Varanda do Axé" mostra a atuação dos terreiros na cena cultural de Belém

#Circular


A cena cultural produzida pelos terreiros de matriz afro em Belém será tema de uma roda de conversa no projeto “Varanda do Axé”, que ocorrerá dentro da programação da 39ª edição do Circular Campina Cidade Velha, no próximo domingo, 3. Promovida pela Tenda de Umbanda Ogum Beira Mar e Mamãe Oxum, a programação da Varanda ainda terá oficina, discotecagem, música ao vivo e feijoada.




O propósito da programação é desmistificar a cultura e a religiosidade de matriz afro e mostrar os aspectos culturais que envolvem os terreiros, com o objetivo de vencer o preconceito e criar laços com as comunidades criativas da Cidade Velha.





A programação começa às 9h com a oficina de banho de ervas, ministrada pela sacerdotisa da Tenda de Umbanda, Jeise Lima. Ainda pela manhã, haverá apresentação musical com Layse Rodrigues e Geraldo Nogueira, além de discotecagem da DJ Jack Sainha, com sua pesquisa em músicas de terreiros e batuques brasileiros. Para o almoço, a Tenda vai oferecer feijoada dedicada a Ogum. A partir das 14h, acontecerá a roda da conversa “A cena cultural produzida por terreiros”, com as participações de Carlos Vera Cruz, Juliana Damasceno, João da Hora e Sâmia Batista. A programação encerra com o Show Cantos de Encantaria, de Maiara Almeida.





SERVIÇO: Projeto "Varanda do Axé"

Data/Hora: 03/04, das 8h às 18h

Local: Tenda de Umbanda Ogum Beira Mar e Mamãe Oxum - Endereço: Travessa Gurupá no 18, entre Dr. Assis e Rua São Boaventura (altos). (Instagram

@tendaogumbeiramar_mamaeoxum/)

Infomações: (91) 98891-6074


Texto: Jaqueline Ferreira (Assessoria de imprensa)


Palavras-Chave