Projeto da UFPA fortalece intercâmbio cultural e turístico com Cabo Verde

#ProjetoUfpa




A Faculdade de Turismo (FACTUR) do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA), da Universidade Federal do Pará (UFPA), através do Escritório Modelo de Práticas Acadêmicas em Turismo, vem agregando professores e alunos na elaboração e execução de eventos acadêmicos, ligados direto ou indiretamente com o turismo e a cultura. Uma das iniciativas é o Projeto de Extensão “Intercâmbio Turístico-Cultural entre Belém – Pará - Brasil e Cabo Verde”, que iniciou em 2019 e que a partir da próxima semana inicia uma nova etapa conectando Belém com o país insular africano.




Em outubro serão realizadas duas lives em conexão com Cabo Verde. No dia 02 de outubro, o tema será o “O empreendedorismo feminino na música em Cabo Verde e em Belém do Pará” e, no dia 23, “Políticas públicas de turismo e cultura como fatores de aproximação entre Belém do Pará e Cabo Verde”. A transmissão será feita pelo Youtube, nas duas datas, a partir das 19h, com retransmissão pela página de Facebook do Empactur – Escritório Modelo de Práticas Acadêmicas em Turismo da UFPA.




“Escolhemos a temática do empreendedorismo feminino na música para demonstrar o empoderamento das mulheres nas artes e na cultura de modo geral, pois tanto em Belém como em Cabo Verde, as cantoras se destacam sobremaneira em um cenário que já foi dominado pelo gênero masculino”, comenta o Prof. Dr. Paulo Moreira Pinto, Diretor Adjunto do ICSA/UFPA, que coordena o projeto de extensão.



Mindela Soares - Imagem: Tó Gomes.


A live contará com a presença virtual da cantora cabo-verdiana Mindela Soares, das cantoras paraenses Natália Matos e Mariza Black, da Turismóloga Auda Piani, também pesquisadora na área da cultura alimentar, e ainda da jornalista Luciana Medeiros, produtora cultural na área da música e o audiovisual, e jornalista cultural do site Holofote Virtual, e da Silvia Cruz, coordenadora do Empactur e professora da FACTUR/ UFPA. A mediação é da Bacharel em Direito, Livia Duarte, integrante do Grupo de Estudo de Gênero da Universidade da Amazônia.




Já a segunda roda de conversa virtual contará com a participação do multi-instrumentista Manuel di Cadinho e convidados. As duas ações dão continuidade ao que já vem sendo realizado desde 2019, quando as atividades foram realizadas de forma presencial, tanto em Belém, quanto em Cabo Verde. Desta vez, com a Pandemia de COVID-19, foi necessário rever a metodologia e as atividades que já estavam previstas.





“Não cabem dúvidas de que as lives se tornaram um instrumento importante para divulgar trabalhos de artistas no mundo todo. Penso que se perde por um lado aquele contato com o público tão importante para os artistas, mas por outro tem-se a fluidez e a massificação que o avanço tecnológico proporciona. Isto para o bem e para o mal”, diz o coordenador.




A iniciativa envolve docentes e discentes. Participam estudantes africanos matriculados em cursos de graduação e pós-graduação, tendo como objetivo potencializar o intercâmbio entre a comunidade estudantil, artística, profissionais do turismo, da música, da cultura alimentar e de outras áreas, atuantes em Belém do Pará e de Cabo Verde.




“Atualmente, na UFPA, existe a Casa Brasil-África que estimula e facilita as possibilidades de convênios entre os países. Além disso, tem-se a Pró-Reitoria de Relações Internacionais (PROINTER), que também proporciona acordos internacionais e a recepção de alunos estrangeiros na UFPA. O Projeto de Intercâmbio Belém-Cabo Verde é recente no âmbito da FACTUR/UFPA, fruto de emenda parlamentar do Deputado Federal Edmilson Rodrigues, o qual tem financiado diversos projetos de extensão em várias áreas do conhecimento na UFPA”, explica Paulo Pinto Moreira.



Iniciativa busca fortalecer ensino e qualificação do turismo


A iniciativa não apenas promoverá o intercâmbio, como possibilitará e garantirá um espaço para que os discentes, docentes e demais colaboradores da FACTUR/ICSA/UFPA, apoderem-se de conhecimentos e de trocas de informações que serão somados ao processo de ensino-aprendizagem, qualificação dos profissionais do turismo e da música na região amazônica, potencializando o acesso por meio da distribuição digital desses conteúdos.




“A expectativa é que se possa firmar protocolos de troca de experiências turístico- culturais, por exemplo entre a FACTUR/UFPA e a Universidade de Cabo Verde (UNICV), pois tanto Belém como Cabo Verde têm possibilidades de contribuir com o desenvolvimento biossociocultural em condições mais sustentáveis”, continua o

coordenador do projeto.



Serviço

Roda de Conversa (Live): O empreendedorismo feminino na música em Cabo Verde e Belém do Pará - Projeto de Extensão “Intercâmbio Turístico-Cultural entre Belém – Pará - Brasil e Cabo Verde” . Dia 02 de outubro, às 19h, com transmissão pelo Canal de Youtube da M.M. Produções com retransmissão pelo Facebook da Empactur.


Texto: Luciana Medeiros (HOLOFOTE VIRTUAL)

92 visualizações