“ParáLer - Nossa Festa Literária” celebra a identidade paraense


Casa das Artes - Imagem: divulgação.

Exaltar a identidade paraense por meio do universo da literatura é o eixo norteador da ParáLer - Nossa Festa Literária, que ocorre na Casa das Artes, em Belém, a partir do dia 30 de outubro. O evento trata de uma cultura alimentar e popular, e reúne profissionais e atores da sociedade em geral em workshops, debates, espetáculos, encontros e comércio de livros e produtos da economia criativa local. A programação segue até o domingo, dia 3 de novembro.




A Festa vem com o intuito de valorizar e fortalecer vínculos com o regional, garantindo a partilha das vivências da região. O conceito do evento ultrapassa a compra e venda de livros para realizar uma grande celebração de diferentes nuances da cultura literária: o fortalecimento das editoras locais, a oportunidade para novos autores, o reconhecimento do poder da oralidade, a capacitação de profissionais da educação, a troca de conhecimento a respeito do ofício de escritor, entre outras frentes.




Na vasta grade, as atividades convivem com espetáculos teatrais, música, espaços para crianças, saraus e muito mais. Uma peculiaridade da Festa é o foco absoluto na produção literária local: os estandes em que ocorrerá venda de livros serão formados apenas por editoras paraenses. Além disso, diversos nomes importantes da literatura paraense serão festejados ao longo do evento como um todo.



Casa das Artes / área interna - Imagem: divulgação.


Programação – Espalhada pelos diferentes espaços da Casa das Artes, a ParáLer apresentará ao público uma variedade enorme de possibilidades, entre as quais estão aulas, relato de experiências, mostras audiovisuais, exposições, bate-papos, rodas de negócios, concursos, debates, saraus, lançamento de livros, festival de contação de histórias, teatro, shows, clubes de leitura e rodas de conversa voltadas para grupos de minorias políticas - como a comunidade LGBTQIA+, as mulheres, a negritude e os refugiados. Um dos destaques da Festa é a ênfase na cultura alimentar.




A varanda da Casa estará tomada por profissionais que atuam na gastronomia, em uma espécie de coletivo que recebe o nome de Taberna Pará. Nela, os pratos virão acompanhados de exposições e debates importantes para pensar a gastronomia na região - como produção de alimentos, circulação de conceitos, agrotóxicos, e a questão ambiental.



O evento também dá destaque à cultura da oralidade, com uma grande novidade: a aplicação de instalações escutatórias. Nelas, a atividade é de recepção dos frequentadores, que encontrarão projeções e a presença de ouvidores treinados para absorver as histórias trazidas pelo público, incentivando a interação e troca de conhecimento. Já o Festival Pororoca será um encontro para contação de histórias voltadas para crianças e jovens de escolas da Região Metropolitana de Belém. A programação conta com intérprete de libras, outro ponto crucial para a programação - que também inclui workshops da linguagem de sinais e de braille, atividades já desenvolvidas pela Fundação Cultural do Pará.




A cultura popular tradicional estará bem representada, com shows de guitarrada e carimbó. Entre as atrações, estarão o guitarreiro Mestre Solano e grupos de mestres dos municípios de Marapanim, Santarém Novo e Soure. Esses gêneros dividirão as noites com outras vertentes da música paraense, como o brega de Nelsinho Rodrigues, a música popular de Andrea Pinheiro e Nanna Reis. A cultura de periferia dos grandes centros urbanos também terá seu lugar: Pelé do Manifesto e Everton MC irão ministrar uma formação em freestyle para o público interessado em mergulhar no universo do rap. A programação completa está disponível no site nossafestaparaler.com.br, e nas redes sociais do evento (instagram: @nossafestaparaler | facebook: /nossafestaparaler).



Serviço:

ParáLer Nossa Festa Literária

Data: 30 de outubro a 3 de novembro de 2019

Onde: Casa das Artes (Praça Justo Chermont, 236 – Nazaré)

Horário: 10h às 20h

Entrada Franca


Texto: Comunicação Fundação Cultural do Pará

36 visualizações