Live: Projeto “Live no Setor” reúne artistas da cena periférica paraense

#ProjetoLiveNoSetor

#Live



Imagem: Victória Rapsódia


O Projeto “Live no Setor”, selecionado pelo Edital de Cultura Urbana Periférica - Lei Aldir Blanc Pará, na modalidade “Vozes da Periferia”, apresenta evento online, em formato live, nesta sexta-feira (dia 26 de março), a partir de 12h (meio-dia). Em sua segunda edição, o evento reunirá artistas independentes de RAP e das artes periféricas da cena paraense. Diante da atual situação mundial referente à pandemia, o projeto atua para manter a produtora e os artistas ativos na divulgação de seus trabalhos.




Com apresentação da artista Thais Badu, as atrações desta edição serão Paiakan, Anna Suav & Bruna BG, Guamá Vive e Nic Dias. O selo independente Onça Produções foi criado em 2014, pelos irmãos Bernardo e Yuri Onça, atuando com uma equipe multi linguagens, formada por mulheres e homens, para promover ações de valorização e difusão dos novos artistas, negros e negras, mulheres, potencializando a força coletiva para ecoar resistência artística e cultural urbana no âmbito do hip hop e de outros estilos musicais.




A live foi gravada na Casa Tajá, e para acompanhar tudo que vai rolar, só se inscrever no canal youtube.com/oncaproduçoes, ativar o sininho e esperar esse encontro cheio de talento periférico, resistência, ritmo e poesia urbana.




Sobre as atrações:


NIC DIAS tem 22 anos, é rapper, compositora e ativista do bairro de Icoaraci, periferia de Belém. De 2019 pra cá já lançou quatro singles, entre eles o single "Degrau", “Guilhotina” e “Baby Princess”. Conhecida na cena musical de Belém, abriu shows de artistas importantes nacionalmente como MV Bill e Kmila CDD, Djonga, Victor Xamã e etc. Também já tocou nos principais festivais da cidade como Festival Floresta Sonora, Psica Festival e Se Rasgum. Também foi selecionada para compor os show cases da Semana Internacional De Música De São Paulo (SIM São Paulo). Seus singles produzidos e lançados de forma independente somam mais de 100 mil acessos nas plataformas digitais.




BRUNA BG é rapper, musicista e compositora, de Breves - PA, cidade pequena localizada na Ilha do Marajó. Desde 2007 está na cena musical belenense. Em sua trajetória no RAP já fez pocket shows no Sarau Multicultural do Mercado de São Brás, em espaços culturais como o Espaço Raízes, Studio Garden, Café com Arte, Studio Pub e praças públicas, além de participação em abertura de shows para rappers nacionais como o grupo Primeiramente (RJ), Black Alien (RJ), 3030 (BA), e abertura no show do Mc carioca BK, em 2018.




ANNA SUAV, poeta, cantora, compositora e produtora audiovisual e cultural, a artista se tornou uma das expoentes do rap e R&B produzido na região amazônica, e segue explorando diferentes vertentes artísticas e criativas, ao passo que, por meio de uma arte política, busca ganhar visibilidade para as lutas nortistas no resto do país. Já passou pelos palcos físicos e virtuais de festivais como o Se Rasgum (PA, 2019), Felino Preta (SP, 2020) e Latinidades (2020). Para 2021, Anna se prepara para lançar seu primeiro EP solo. Além disso, ao lado da parceira Bruna BG, com quem tem uma dupla, a cantora deve produzir também um álbum visual, selecionado no Edital Natura Musical 2019.




GUAMÁ VIVE é um dos sons que se destacaram na Mandamentos Records, um selo musical criado em meados de agosto de 2019, com o intuito de difundir a cultura do estado do Pará e fortalecer a produção musical de artistas, músicos e Mc's de diversos setores do estado, como Cigano, Bam, Yasmim e Ckush, que exploram melodias novas para o cenário músical de rap através de Boom Baps com temas de críticas sociais, Love songs e e outras vertentes.




PAIAKAN possui vários singles lançados, nasceu em Belém do Pará em 1992, mas foi criado no interior do estado na região de Carajás, em Parauapebas. Suas rimas abordam as relações socioeconômicas entre as regiões do Estado e entre a região Norte do país com as demais.



Obs: O evento foi gravado antes da intensificação da segunda onda que tornou as regras de isolamento ainda mais rígidas, realizado com respeito às normas de segurança contra a disseminação da COVID-19.


Serviço:

O que? “Live no Setor” (Selecionado pelo Edital de Cultura Urbana Periférica - Lei

Aldir Blanc Pará, na modalidade “Vozes da Periferia”)

Dia: 26 de março (sexta-feira) As 12h (Meio Dia)


Onde: No YouTube: youtube.com/oncaproduçoes


Texto: Priscila Duque (91) 99244-1183 - Assessoria de Imprensa

97 visualizações