Live mostra protagonismo de jovens da Vila da Barca neste sábado

#LIveVilaDaBarca


Imagem: divulgação.


Neste sábado (05/09) a Comissão Solidária Vila da Barca irá realizar sua primeira live no intuito de mostrar o protagonismo das crianças e adolescentes da Vila da Barca. A transmissão será as 17h30 pela página do Facebook PESTUDIO, e mostrará a apresentação de processos de arte e cultura já desenvolvidos por crianças e adolescentes moradores da Vila da Barca-periferia do bairro do Telégrafo em Belém.




Segundo a integrante Comissão Solidária Vila da Barca, Gisele Mendes, o objetivo do evento é dar visibilidade pra crianças e adolescentes que moram na Vila da Barca, a maior favela de palafitas da América Latina. Trabalhando o empoderamento e protagonismo de crianças e adolescentes da localidade.




“A importância de dar visibilidade pra grupos sociais que "vivem" em situação de vulnerabilidade social, e afastados do alcance de políticas públicas. Numa sociedade que busca-se trabalhar o fazer coletivo e a sensibilidade humana com seus afetos e redes de oportunidades que trabalhe a potência do povo periférico, irá prevenir e transformar vidas através da arte e da cultura”, conta Gisele Mendes ao falar da importância do evento.


Imagem: Roberta Brandão.


Na apresentação da live irá ocorrer: Contação de História, Apresentação de violino e apresentação de grupo de dança. Todos os participantes são moradores da periferia.


Veja a seguir a programação.

  1. Apresentadores da comunidade adolescentes: Carlos Avelar - Digital Influencer; Sthefanny Cristine; Kayane Santos; Vitória Carmo.

  2. Contação de História: “Zé Mururé da Boiuna e a moça" com Thalia Santos e Tainá Souza.

  3. Apresentação de violino com Sophia Braga

  4. Apresentação de grupo de dança periférica


Imagem: divulgação.


A Comissão Solidária Vila da Barca: É uma reunião de 10 pessoas físicas, que se reuniu para buscar "dar voz" pras causas de crianças e adolescentes da Comunidade da Vila da Barca. Buscando trabalhar a potencialidade e a sensibilização humana na Comunidade periférica. “Dar visibilidade na sociedade e trabalhar a autoestima de crianças e adolescentes, moradores da periferia de Belém. Trabalhando a essência da Comunidade como lugar de possibilidade e construção de protagonismo”, explica Gisele.




Serviço:

Dia da live: 05 de setembro

Local: página do Facebook PESTUDIO

Horário: 17h30 horas


Texto: Estante Cultural

118 visualizações