Jovens da Vila da Barca lançam Projeto “Iniciação ao Teatro na Comunidade”

#IniciaçãoAoTeatroNaComunidade

#VilaDaBarca


Equipe responsável pelo projeto - Divulgação


No último sábado (20/02) moradoras da Vila da Barca lançaram o Projeto “Iniciação ao Teatro na Comunidade”, um que vídeo que registra por aqueles e aquelas que moram e vivenciam o cotidiano do lugar. O projeto mostra, através da encenação, vozes de jovens mulheres que são participantes e agentes de mudanças e luta dentro de seu lugar de morada. O vídeo apresenta os espaços de fomento a cultura e educação presentes na periferia da Vila da Barca que incentivam o lazer, a confraternização, união e participação dos moradores, o projeto Foi selecionado no Edital Juventude Ativa - Lei Aldir Blanc 2020.




De acordo com a diretora e produtora do vídeo, Thalia Santos, a ideia surgiu através da necessidade de mostrar a periferia como potência de construção e produtora de cultura e conteúdo, principalmente, para as crianças e jovens que sentiram tanta falta de diversão na pandemia. A equipe do projeto ainda conta com Luana Ferreira, Vitória de Fátima e Bianca dos Santos.




Thalia Santos conta que a produção aconteceu com ensaios, rodas de conversas e pesquisas da história e dos lugares de importância social, política e cultural para a comunidade. “As jovens envolvidas agregaram como mentes pensantes do roteiro e de diálogo com a comunidade, além de estarem nas encenações”, afirma.


Equipe responsável pelo projeto - Divulgação


Thalia Santos é professora de teatro, atriz, artista-pesquisadora, e desenvolvo trabalhos artísticos-sociais na ONG ALIGA e na Comissão Solidária da Vila da Barca. “Para nós sermos aprovadas neste edital significa o reconhecimento do fazer cultural local, de uma comunidade que atua há mais de 40 anos em Belém. É importante para nós enquanto jovens mulheres e moradoras falarmos do nosso ponto de vista como é essencial o trabalho feito na Vila da Barca, de resistência e muita luta”, conta a jovem diretora, que também participa do vídeo.




Segundo Thalia Santos, os próximos passos é continuar intensificando o fomento a arte, e formando jovens que sejam agentes e porta-vozes de seu grupo, e desenvolver mais projetos nesse sentido. “Esperamos que a comunidade tenha orgulho do que desenvolvemos e o público geral saiba que na Vila da Barca tem muita coisa boa e não só violência como a mídia reporta” finaliza.



Links de acesso ao vídeo:

Disponível - Canal Youtube Pestudio

Facebook da Associação dos Moradores da Vila da Barca.

Facebook da Comissão solidária vila da Barca.

Thalia Santos (Facebook e Instagram)


Texto: Estante Cultural com informações da Direção do Projeto

147 visualizações

Posts recentes

Ver tudo