Independência e modernidade no Brasil é tema de Ciclo de Pensamento no Sesc

#Evento

Belém do Pará, Século XIX. Reprodução Atlas Spix e Martius. - Imagem: divulgação.


O Projeto Arte Sesc, por meio das ações educativas que marcam o centenário da Semana de Arte Moderna de 1922, em sua etapa regional a ser realizada no Pará, realiza no dia 19/03, das 9h às 19h, no Centro de Cultura e Turismo Sesc Ver-o-Peso, em Belém, o Ciclo de Pensamento “1822-1922: Independência e modernidade no Brasil Leituras, olhares e perspectivas a partir da Amazônia”, organizado pelo historiador Aldrin Moura de Figueiredo. A entrada é franca e as vagas são limitadas para a versão presencial, os interessados devem chegar com antecedência ao local do evento e solicitar a senha de acesso ao auditório.




A proposta, segundo o historiador Aldrin Moura é "Pensar as diferentes narrativas sobre

a efeméride do bicentenário da Independência do Brasil (1822), em conexão com outros

marcos históricos relacionados ao longo do tempo, como por exemplo os debates em torno da Semana de Arte Moderna, em 1922, por meio de 5 aulas que manejam diferentes histórias conectadas e cruzadas, em distintas escalas de leitura temporal e espacial, a cerca da tradição e da modernidade no Brasil a partir de uma perspectiva amazônica. Assunto prolixo, porém inesgotável, o evento histórico da Independência é tratado aqui como uma janela para a compreensão das relações entre passado e presente no campo da história, das relações sociais, da cultura e das artes. Para isso, esses encontros buscam incorporar questionamentos sobre essa polissemia da Independência, suas relações com o movimento cabano, a perspectiva étnica pretos e indígenas, as memórias luso-paraenses, as comemorações durante o centenário em 1922 e suas relações com o movimento modernista, de modo a refletir essa efeméride pátria, entre imagens, memórias e ocultamentos".





O ciclo de pensamento inicia às 9h com a apresentação das aulas "Como pensar a independência do Brasil a partir do Grão-Pará?”, ministrada pela Profa. Dra. Magda Ricci , " Os indígenas e a Independência do Brasil na Amazônia", pelo Prof. Dr. Márcio Meira e "Uma perspectiva afro-amazônica da Independência no Grão-Pará", pelo Prof. Dr. José Maia Bezerra Neto. Na parte da tarde, a partir das 15h terá a segunda parte do ciclo com as aulas "Memórias Luso-amazônicas da Independência do Brasil no Pará", da Profa. Dra. Maria de Nazaré Sarges e "1822-1922: Liberdade, nativismo e identidade regional - uma questão do modernismo no Pará", do Prof. Dr. Aldrin Moura de Figueiredo.




A programação é gratuita e será realizada presencialmente no auditório do Centro de Cultura e Turismo Sesc Ver-o-Peso (Boulevard Castilhos França, 522/523) e transmitida ao vivo pelo Zoom, com acesso livre no dia 19/03/2022 das 9h às 19h com intervalo das 13h e 15h.




Serviço: Ciclo de Pensamentos/Arte Sesc – etapa regional Pará

Evento presencial e virtual / Data: 19/03/2022 (sábado) / Horário: 09h às 19h

Local: Centro de Cultura e Turismo Sesc Ver-o-Peso (Boulevard Castilhos França,

522/523, Campina, Belém – PA)

Informações: (91) 308-0472 (Centro de Cultura e Turismo Sesc

Ver-o-Peso) Instagram: @sesc_pa


Texto: Coordenação de Comunicação do Sesc no Pará


Palavras-Chave