Galeria Theodoro Braga expõe “Fragmentos”, do artista visual Marcelo Lobato


Fragmentos - Imagem: divulgação


Passeios pelos rios, registros de embarcações, pedaços de barcos abandonados, despedaçados, consumidos pelo tempo - mangue, areia e maré. Essa é a matéria-prima da exposição individual “Fragmentos”, do artista visual Marcelo Lobato. A abertura ocorreu na última quarta-feira, (14/08), na Galeria Theodoro Braga.




O trabalho do artista é exposto utilizando as técnicas de pintura acrílica sobre tela, pastel e exibição audiovisual em televisões de led. Segundo Lobato, os objetos, desenhos, pinturas, fotografias e vídeos são postos numa nova paisagem, capturando o olhar para outras possibilidades de conexão e encaixe.




Eliane Moura, curadora da exposição e técnica em gestão cultural da GTB, explica que o trabalho vai muito além do coletar, resgatar ou registrar os fragmentos de embarcações. “Há um respeito por aquilo que encontra, um cuidado ao retirar do descanso, da letargia, do cansaço. Uma escavação delicada e atenciosa, como são suas pinceladas e traços”, detalha a curadora.




O artista observa cada lugar - casca, textura, cor - e nos indica uma retomada de caminho, de construção, ora nos revelando pequenos detalhes que nos fazem querer entrar na obra pra descobrir além, ora numa explosão de linhas, cores e traços que nos fazem distanciar para absorver, induzindo um movimento de vai e vem próprio das marés.




Serviço: a exposição “Fragmentos” pode ser visitada de 15 de agosto a 06 de setembro de 2019, de 9h às 19h, na Galeria Theodoro Braga, que fica na Av. Gentil Bittencourt, 650. Entrada franca.



Texto: Assessoria de Comunicação FCP

6 visualizações