Famílias da Vila da Barca precisam de apoio

#AjudeaVilaDaBarca


Vila da Barca - Imagem: divulgação.

Pouco mais de dez dias. É esse o tempo para encerrar a campanha solidária virtual que um grupo de pessoas está mobilizando para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica, que residem na Vila da Barca, no bairro do Telégrafo, na capital paraense. A meta é alcançar 12 mil reais, que serão revestidos na compra de cestas básicas e produtos de higiene. Até o momento, já foi arrecadado cerca de 2 mil reais.




“Esta vaquinha está sendo realizada para ajudar famílias moradoras da maior favela em palafitas da América Latina, localizada em Belém do Pará: a Comunidade da Vila da Barca. Em meio a essa pandemia do covid-19, essas pessoas estão vulneráveis, pois muitas sobrevivem da informalidade ou estão em situação de desemprego”, conta um dos articuladores da campanha, o músico paraense Pawer Martins.



Mais de 500 famílias serão beneficiadas com as doações. E já existem vários grupos de pessoas doando cestas básicas. Os organizadores da campanha optaram por realizar a arrecadação monetária por meio digital para justamente dar mais transparência ao processo e também para preservar a vida dos doadores, além do fato da cidade estar em lockndown (apenas sendo permitida a circulação de pessoas à realização de atividades essenciais).



Doações de cestas básicas a moradores - Imagem: divulgação.


Vários artistas estão apoiando a campanha, fazendo vídeos e pedindo que as pessoas colaborem. Na última terça (19), 30 cestas básicas foram doadas. “As doações que chegam, já estão sob a política de entrega de casa por casa. Começou na beira do rio e vai continuar até contemplar todas as casas das palafitas”, afirma Pawer Martins.



Saiba como doar:

http://vaka.me/1055939


Contatos (telefone e WhatsApp):

(91) 98378-4359 / 98116-575


Texto: Vivi Matos (Estante Cultural)


120 visualizações