Espetáculo GRITO volta em apresentação única neste domingo

#Teatro


Imagem: divulgação.

ATÉ ONDE A VIOLÊNCIA TE INCOMODA? É com este questionamento que a Companhia Paraense de Potoqueiros retorna aos palcos com a remontagem, GRITO, que retrata a violência de forma reta e/ou dissimulada. O espetáculo será neste domingo (24 de novembro) às 19h no Teatro Waldemar Henrique.




A violência é um ato desumanizador que se torna corriqueiro, pela conivência consciente ou até mesmo inconsciente, e ela é insensível à cor, raça, credo, status social e está intrinsecamente relacionada com os fatores de poder dentro da sociedade, sociedade esta que forma “cidadãos de bem”. Mas que bem? Bem homofóbico? Bem racista? Bem machista? Bem elitista? Bem violento?




A Cia. se propõe a delinear uma narrativa universal, revelada através de uma linguagem

corporal, por meio de torsos que gritam metaforicamente, abafados por uma fachada, além da indução por música e luz, sem definir os limites entre o ofensor e a vítima. O velar de incidentes é colocado no espetáculo de forma simbólica e literal, como ferramenta de representatividade de tudo aquilo que o ser social não chega a externalizar, venda seus olhos, se tornando tão agressor quanto.



Imagem: divulgação.


Os diretores Breno Monteiro e Alex Vilar propuseram ao elenco uma vasta pesquisa sobre o tema e também diversas experimentações e laboratórios que induziram as cenas. O elenco conta com os atores Bel Hass, Breno Monteiro, Érika Mindelo, Leonardo Barros, Leonardo Sousa, Lucas Moraga e Stephanie Lobato que se permitiram e foram a fundo, levando muitas vezes a momentos de reflexões e rodas de conversas para entender a percepção da violência pela sociedade. A produção é de Lauro Sousa.




Em 1h30min de apresentação são desveladas as diversas faces da violência, as quais fazem com que os artistas da Cia. bradem este GRITO sufocado. “levante e faça algo”.



SERVIÇO: GRITO

Local: Teatro Experimental Waldemar Henrique

Datas: Domingo - 24 de novembro - Hora: 19h

Ingressos: R$30 e meia para estudantes

Classificação Indicativa: 16 anos

Mais Informações: (91) 981522994


Texto: Comunicação do espetáculo

20 visualizações