DUPLA DE COMPOSITORES PARAENSES PREPARA EP AUTORAL PARA LANÇAR NO SEGUNDO SEMESTRE

Artistas divulgam single “E daí?”, samba com forte tom de crítica social

#CriticaSocial


Alfredo Garcia e Cassio Pontes - Imagem: divulgação

Como está cada vez mais comum em quase todos os projetos – artísticos ou não -, seus autores anunciam o lançamento para “depois que o Coronavírus passar”. É dessa forma que os compositores paraenses Alfredo Guimarães Garcia e Cássio Pontes, um letrista e o outro músico, estão encarando o desafio e já planejando o lançamento futuro de um EP (gravação digital de 4-6 músicas com um tempo de execução total de 30 minutos ou menos).




Alfredo Garcia é de Bragança (PA), escritor e jornalista, conhecido em Belém por sua atuação na Literatura em diversos gêneros, com mais de 50 livros já publicados. Como letrista de música popular iniciou em 1986, através de parceria em “Hino do Sonhador” com Heliana Barriga, composição que integra desde então diversos CDs da cantora e compositora originária de Castanhal.




Cassio Pontes nasceu em Belém do Pará e há 30 anos reside em Macapá (AP). É cantor, compositor e arranjador, graduado em Música pelo Iesap (Instituto de Ensino Superior do Amapá). É autor de cerca de 500 canções em parceria com mais de 30 parceiros de diversos estados brasileiros.




Alfredo e Cassio se conheceram ano passado, em setembro, apresentados por um amigo comum, o poeta e compositor Jorge Maia, de Barcarena. Desde setembro de 2019 iniciaram a parceria em diversas canções, sempre usando a tecnologia como suporte, fosse por Whatsapp ou e-mail. De lá para cá já contabilizam quase 40 composições em diversos gêneros musicais, com algumas delas integrando o repertório de cantoras (Amana no Amapá) e bandas (“Pimenta com Sal”, no Pará).




O single “E daí?” (Samba pro Jair), que deverá integrar o EP da dupla de compositores, e que estão divulgando através do site Soundcloud, no perfil pessoal de Alfredo Garcia, faz referência a uma fala recente de Jair Bolsonaro, presidente do Brasil. “Assisto a quase todos os noticiários jornalísticos na TV. Nessa quarentena do Covid-19 acompanho tudo. Um dia após a infeliz fala do Bolsonaro veio a ideia da letra. Dias depois passei pro Cassio. Em dois dias ele me devolveu a música pronta, irretocável”, diz Garcia sobre o processo de criação.




OPINIÕES SOBRE "E DAÍ?" Tirando o meu chapéu de boto em reverência! ANTONIO JURACI SIQUEIRA- PA Alfredo G. Garcia Puxa, D. Alfredo, que formidável criação. E oportuna. Parabéns! Que os frutos sejam colhidos. Espero que tenhamos um disco. Grande abraço deste companheiro. CELSO DE ALENCAR' - 'SP

Sambão. Pena não ter aquela batida de maracujá no saco, comprada atrás do Olímpia, e aquele povo todo indo e vindo do Manuel Pinto à Osvaldo Cruz... JOÃO BOSCO MAIA - PA

Alfredo G. Garcia Gostei da letra e da melodia. Quero lhe dizer que as fotos utilizadas como ilustração, lembram muito um ilustre residente de minha casa chamado Jofre. MANOEL SOUSA - PÁ A palavra poética como testemunho de seu tempo.  Salve. WANDA MONTEIRO - RH



SERVIÇO – Lançamento de single “E daí?” (Samba pro Jair), de Alfredo Garcia e Cássio Pontes, disponível em https://soundcouch.soundcloud.com/#/profile/28376322





24 visualizações