Documentário especial de 60 anos da Banda Sayonara chega ao público

#Documentário

Imagem: divulgação.


“Há quanto tempo não vejo você, só ficaram as lembranças”, este trecho de sucesso de um dos maiores clássicos da Banda Sayonara ilustram o presente momento do grupo que completa seis décadas de sucesso neste ano, e em comemoração a esta data, será eternizado na memória da música paraense o Documentário Sayonara 60 anos, que será lançado no dia 31 de janeiro às 20h, no Cine Líbero Luxardo, como um marco para eternizar a memória e as lembranças de uma das maiores bandas símbolos do Pará.




O documentário especial vai juntar grandes momentos de uma das bandas de maior duração e sucesso do nosso estado, e para que esta produção nascesse, contou com um time de peso na sua construção: na direção artística temos Lucinnha Bastos; na direção musical, Nelson Torres; direção de imagem Lucinnha Bastos e Inovar; produção executiva de Silvia Hundertmark; fotografia de Fred Barros; Arte Gráfica de Mari Santtos; Estúdio Apce; técnico de gravação de áudio Assis Figueiredo; make up dePaula Waleska; assessoria de imprensa assinada por Adriana Fukuoka; direção de fotografia de Alem Viana e como assistente de câmera Raissa Santos.





“A Banda tem um público muito diverso, quem curte a Sayonara gosta de alegria, de dançar, gosta de festa, valoriza a cultura paraense. A banda tem uma gratidão enorme a todos que a ajudaram a construir essa história de sucesso e se fossemos convidar todo mundo a produção viraria uma série (risos), mas o resultado ficou lindo demais”, revela Lucinnha Bastos, filha de Luciano Bastos, um dos fundadores do grupo de sucesso junto a Antônio Lima, precursores deste fenômeno atemporal que é a Sayonara.




Dentro dos seus expressivos 60 anos de atuação, inúmeros grandes artistas deixaram sua marca pela formação da banda, que atualmente é composta pelos artistas e músicos: Zé Maria no teclado; Ricardo Ramos no Contra-baixo; Nelson Torres na Guitarra; Guilherme Câmara na Bateria; Billa Boy na Percussão; Felipe Lira como Técnico de som; Ney Nascimento como Roadie e Lidia Ronecy nos vocais.




“As mais diversas gerações de músicos que passaram pela Sayonara ao longo de seis décadas só deram a ela o formato que ela conquistou, todo o sucesso, as músicas, os inúmeros shows, bailes, pessoas se divertindo, alegria, dança, nossa, é muita coisa, e tudo isso só foi possível por conta de cada um que passou por aqui, deixou sua marca assim como os que aqui estão”, reflete Luciano Bastos, como um dos membros mais antigos do grupo e de grande contribuição para a consolidação deste presente ao público e à cultura paraense.



Imagem: divulgação.



Para todos que já participaram e que apreciam o trabalho da banda, o documentário tem um significado único, pois se traduz em um momento de presentear a todos os envolvidos nessa história de sucesso na música regional que atingiu patamares nacionais: “Ter a oportunidade de contar a história da banda, poder dividir com os fãs um pouco dos bastidores e falar da importância de tantos profissionais que fizeram e fazem essa história é sem dúvida um presente compartilhado entre banda e público, o melhor presente”, afirma Lucinnha.




O “Documentário Sayonara 60 anos”, conta com vários momentos marcantes para o grupo que acumula décadas de sucessos atemporais na música paraense, e nesta produção comemorativa ao aniversário do grupo, o público vai poder contar com diversas participações especiais como: Conca Saavedra; Jade Lima; Joelson Pantoja; Jorge Silva; Lucinnha Bastos; Marcelo Góes; Márcia Rocha; Nivea Magno; Regina Ramos e Ribamar de Oliveira ex-vocalistas da Banda, mas eternos parceiros.





Serviço: Documentário Sayonara 60 anos (@bandasayonara). Dia: segunda-feira, 31 de

janeiro, às 20h, no Cine Líbero Luxardo (Av. Gentil Bittencourt, 650 – Nazaré– Belém –

PA | (91) 3202 4321)

Obs: Não haverá cobrança de ingresso, entrada sujeita a lotação do espaço.


Texto: Adriana Fukuoka (91) 98069-1974 (Agência Conceito A)



Palavras-Chaves