Dia da Consciência Negra: IFPA promove evento internacional

#DiaDaConscienciaNegra


Imagem: divulgação.


Para celebrar o Dia da Consciência Negra (20/11), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFPA) promove o I Webinário Internacional Brasil-África, com o tema“Olhares de Resistência e a questão de direitos sobre a vida e a ancestralidade”. O evento, que será realizado de forma online no período de 16 a 23 de novembro, tem uma proposta interdisciplinar, reunindo artistas, intelectuais, militantes do movimento negro e indígena.




O Webinário é promovido pela RENNEABI- IFPA (Rede de Núcleos de Estudos Afro- brasileiros NEAB, de Núcleos de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas e Grupos Correlatos), com representantes dos 18 campi da Instituição. A Rede atua há anos nas diferentes dimensões das relações etnicorraciais, promovendo ações e políticas afirmativas.




Os núcleos e grupos estão definidos em legislação própria a partir do Plano Nacional de Implementação das Diretrizes Curriculares para a Educação das Relações Etnicorraciais e para o Ensino em História e Cultura Afro-brasileira e Africana, obedecendo dessa forma à implementação do Artigo 26A da LDB no 9394/1996.




Segundo os organizadores do evento, além de dar visibilidade ao trabalho dos Núcleos, o encontro quer aproximar os diversos grupos sociais no Brasil e na África, estendendo e estreitando as relações institucionais com setores variados da sociedade. Para Laurenir Peniche, uma das coordenadoras, realizar este evento é um grande desafio.



Divulgação.


“As ações coletivas requerem maior discussão propiciada por esse conjunto de mentes. Essa é uma ação construída e associada a vários campi do IFPA, com uma pluralidade de temas e convidados e abordando as diversas realidades regionais, nacionais e internacionais. No entanto, numa ação conjunta com os outros NEABIs e NEABs, apostamos num evento que apresenta e fortalece as ações em Rede, e que traz uma pauta comum: diversidade e antirracismo. Com as limitações impostas pela pandemia, e mesmo distantes, queremos estreitar relações, promovendo o diálogo sobre temas tão importantes. Reuniremos membros da sociedade civil, pesquisadores, artistas, militantes brasileiros e africanos, dando visibilidade e protagonismo a esses atores fundamentais para a preservação das tradições e culturas afro-brasileiras e africanas”, diz Laurenir, da Coordenação Geral, em Belém.




Entre os palestrantes estão representantes de Moçambique e Benin; de instituições como IFPA, Universidade Estadual do Pará (UEPA), Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Secretaria de Educação (Seduc), Secretaria de Meio Ambiente (Sema) e Associação dos Filhos e Amigos da Cultura Afro Brasileira (Afacab).




Durante os seis dias de programação, assuntos importantes sobre racismo e equidade racial serão tema de debate, como Necropolítica, Saberes Arte e Cultura, Gênero, A Questão Ambiental, Religiosidade e Ancestralidade, entre outros. O roteiro inclui ainda atividades culturais, com show musical e mostra de cinema. A proposta é estimular reflexões, evidenciar e debater os múltiplos olhares de resistência, e a questão de direitos sobre a vida e ancestralidade no Brasil e na África.



Serviço

O que – I Webinário Internacional Brasil-África

Quando – 16 a 23/11

Programação:

www.is.gd/1wiba2020


Texto: Luciana Medeiros (Holofote Virtual)


123 visualizações