Circular realiza a última edição digital do ano

#Circular


Divulgação.


A 34ª edição do Circular Campina Cidade Velha, a última de 2020, será neste domingo, 20 de dezembro, das 8h às 21h, por meio de suas redes sociais - Facebook e Instagram – e canal de Youtube. A programação traz conteúdos que refletem modos mais sustentáveis de viver, com oficinas, música, exposições e documentários que carregam em si a essência amazônica. Nesta edição também haverá quatro lives imperdíveis que vão discutir a cidade de Belém, trazendo convidados muito especiais.




Para chamar as boas energias para 2021, no início da programação, Tunga Vidya, ensina posições de Yoga. Em clima de final de ano, ela nos convida a celebrar a vida e o amor e a entrar em conexão com o universo, honrando a memória dos nossos ancestrais. Logo em seguida, a Toró Gastronomia lança, em parceria com o Espaço Cultural Valmir Bispo, a “Bica do Toró”, ferramenta que visa fortalecer nossa herança biocultural, a partir do consumo da biodiversidade comestível amazônica.




Além dos conteúdos que foram enviados para participar desta edição, o Circular vai apresentar alguns dos resultados das oficinas do 2º Ciclo de Ações Educativas realizado em plataforma digital, este ano. A oficina "Palmilhar a Cidade”, ministrada por Madalena Felinto, praticou com os alunos, caminhadas digitais pelos bairros Campina, Cidade Velha e Reduto a partir da plataforma Google Earth e com o recurso do Street View, resultando em um “museu virtual”.



TRADUÇÕES VIRTUAIS - Divulgação.


Também será mostrado o resultado do que foi produzido pela oficina MatriGestão, no Porto do Sal, que teve como objetivo de dar outras perspectivas de inserção social durante a pandemia. Outra oficina que bombou foi a de Traduções Virtuais, que acabou virando uma história em quadrinhos.




Já durante a oficina Cenas Horizontais, ministrada por Lucas Alberto, realizou vídeos sobre temas do cotidiano. Os alunos descobriram uma nova forma de contar sobre seus

dias, por meio de vídeos postados nas redes sociais. E as Manas do Marketing, Aline e a Brenda Paes, que ministraram a oficina sobre uma comunicação empreendedora, trazem dicas de como utilizar as redes sociais como ferramenta para o seu negócio.



Lives trazem o tom ao vivo da edição


A primeira live do domingo, às 9h, tem parceria com o projeto de extensão da UFPA, o Roteiros Geo Turísticos, coordenado pela professora Goretti Tavares, que vai mediar a live. “Memória e Patrimônio pelo Bairro do Umarizal”, recebendo os professores Aldrin Figueiredo (historiador) e Paulo Nunes (Escritor) para falarem sobre a importância do patrimônio material e imaterial do bairro do Umarizal.




A segunda live ocorre às 11h, intitulada “Belém – Cidade Criativa e Cultural – Quais são as condições e possibilidades para que isso aconteça?". A mediação é de Cincinato Marques (prof. Geografia UFPA e músico/ contador de estórias) e Vânia Santos (Espaço cultural “Valmir Bispo Santos”), tendo como convidados: Fábio Castro – prof. Comunicação UFPA; Rodrigo Quites – coordenação do PCT Guamá; Shaira Mana Josi – Rapper, Mc, poeta, produtora cultural - Slam Dandaras do Norte; Claudia Peniche, do Centro de Defesa do Negro do Pará; Claudio Alfonso, do Lablivre; e Valcir Santos, prof. Economia – UFPA (Fórum de Culturas do Pará).




Já às 17h, inicia a live “Uma conversa franca sobre a cidade sobre o Centro Histórico de Belém”, sobre os resultados das rodas de conversas e grupos de trabalhos realizados durante o 3º Fórum Circular, no início deste mês. Temas como feiras e mercados, ocupar o centro e coletivos culturais estarão na roda. As questões serão tratadas de forma associada ao patrimônio cultural e as perspectivas para o centro histórico de Belém nos próximos 4 anos.




Participarão da live, mediadores das mesas e grupos de trabalho do Fórum Circular: a arquiteta e urbanista professora da FAU/UFPA Celma Chaves (feiras e mercados), a também arquiteta e urbanista e professora da FACORE/UFPA Roseane Norat (ocupar o centro), além do sociólogo e midiativista Ângelo Madson Tupinambá, da Rádio Web Idade Mídia (coletivos culturais). A mediadora da live será a arquiteta e urbanista Maria Dorotéa de Lima, da equipe gestora do projeto Circular Campina Cidade Velha.




A última live do domingo, mas não encerrando a edição, será em parceria com o Espaço Cultural Candeeiro que, às 18h30, traz um papo com os colecionadores de obras de arte: Milton Kanashiro e Eduardo Vasconcelos.



Documentários, humor, música e exposições


MINI DOC VAGALUZES FILMES - Divulgação.


Também estão na programação, mini docs que nos levam à imersão na Floresta Amazônica. Dirigidos por Sandra Alves (Vagaluzes Filmes), os vídeos o modo de vida extrativista na Ilha do Marajó, Pará/PA. Nesta edição também tem humor e poesia, com o escritor Guaracy Britto Júnior que gravou um vídeo especial para contar as histórias que construíram a identidade do espaço independente de arte e cultura que o inspiraram a escrever o poema “Casa Velha”.




Já o músico compositor Henry Burnett apresenta dois vídeos “Desacontecer”, uma balada no estilo folk, e “A guerra do fim do mundo” em que o cantor e compositor remonta um pouco do que foi vivido na Guerra de Canudos, recuperando elementos filtrados a partir do momento atual da política brasileira. Também trouxemos para dentro da edição, “As Cores Vivas da Amazônia Naïf”, de Maria José, a maior expressãoda arte naïf no Pará. Aberta à visitação no Espaço Cultural do Banco da Amazônia, na Av. Presidente Vargas, em Belém, a mostra, que tem curadoria de Mariza Mokarzel.



HENRY BURNETT - Divulgação.


A programação encerra com uma exposição de Otávio Henriques e Cláudio Ferreira, fotógrafos que durante os domingos de edições presenciais, fazem os registros de tudo que rola nos espaços que fazem parte da Rede Colaborativa do Circular Campina Cidade Velha.



Veja a programação completa da 34ª EDIÇAO do Circular no site

www.projetocircular.com.br



Serviço

34ª edição do Circular Campina Cidade Velha – Neste domingo, 20 de dezembro, das 8h

às 21h, nas redes sociais do projeto e Canal de Youtube. Mais informações:

www.projetocircular.com.br


Texto: Luciana Medeiros (Holofote Virtual)

60 visualizações