Casarão do Boneco lança experimento artístico coletivo

#CasarãoDoBoneco


Gravação Sonhos ( 23 de fevereiro de 2021) - Imagem: Thiago Ferradaes.


Reunindo 13 artistas criadores-encenadores numa imersão artística e afetiva, o experimento coletivo "ama ZONAS de nós - rios de cenas no Casarão do Boneco" foi selecionado pelo edital de Teatro da lei Aldir Blanc Pará. A pré-estreia será no dia 15 de abril, com inscrição prévia, e o lançamento oficial, no dia 16 de abril, às 20h, pelo canal de Youtube.




Depois de 2020, em que o Casarão do Boneco precisou fechar as portas, vivenciando um processo de transformação dos modos de criação, em plataforma digital, o coletivo se debruçou, este ano, em um novo formato de co-criação e autoconhecimento. Momento importante e desafiador na trajetória do coletivo que entende que o "ama Zonas de nós" é também uma ferramenta de extensão e conexão com o público que também ficou privado da visitação do espaço.




O projeto misturou as linguagens do teatro e do cinema para relacionar memória, áreas afetivas e significações pessoais de ancestralidades, reverberados em cada um dos participantes, que escolheram um cômodo do Casarão do Boneco, como zona indutora de seu processo criativo para desenvolver sua cena.



Ao todo foram produzidas sete cenas que revelam essas relações, resultando num experimento cênico audiovisual que será compartilhado com o público pelo Youtube, mas os interessados em participar do encontro de compartilhamento criativo, no dia 15, às 20h, devem pedir o link de inscrição pelo whatsapp: (91) 98084 7126.



Ensaio técnico - Imagem: Victoria Sampaio.


Aníbal Pacha, um dos habitantes do Casarão do Boneco, diz que esse momento de criar junto, diante de todas as dificuldades impostas pela Pandemia, é importantíssimo, em que o grupo consegue se "re-vincular, re-traçar, juntar novos e outros afetos. Afetos no fazer, no desejo” diz o artista.




Para ele, o "ama ZONAS de nós promoveu" um encontro muito particular, resgatando o nosso amor pelo espaço e reagrupando os fazeres do coletivo, o que pra mim é muito caro. Para mim é muito importante pensar a criação artística em grupo, e esse projeto veio para isso, para juntar espaço físico com o espaço pessoal de cada um. São duas casas: o corpo do coletivo e o corpo do casarão”, complementa.



Making of - Imagem: Victoria Sampaio.


Adriana Cruz, que também participa do experimento artístico, esse processo faz parte de um grande exercício de produzir arte coletivamente. "Sim, o exercício de trabalho horizontal. Significa que é construção permanente. Não só de gestão, mas exercitamos a criação. Dar lugar às vozes de todxs os artistas produtores. Fácil não é, mas é muito importante pra nós, aprender a deixar o outro dizer o que pensa, ouvir e saber dizer o que pensa como artista de modo a colaborar, a misturar ideias, corpos, imagens. Tem sido um exercício instigante, como foi o Velório da Matinta”, diz a atriz e escritora.




Além dos dois, também co-criaram Cristina Costa, Paulo Ricardo Nascimento (In Bust Teatro Com Bonecos); Andrea Rocha, Thiago Ferradaes e Fafá Sobrinho (Produtores Criativos); Maurício Franco (Bando de Atores Independentes); Lucas Alberto (Cia Sorteio de Contos); Leonel ferreira (Cia Madalenas de Teatro), Nanan Falcão, Cincinato Jr. e Victória Sampaio.



Serviço

"ama ZONAS de nós - rios de cenas no Casarão do Boneco" - Pré-estreia será no dia 15

de abril, com inscrição prévia pelo wpp: (91)98084-7126. Lançamento oficial, no dia 16

de abril, às 20h, pelo Canal de YouTube Casarão do Boneco. Projeto selecionado pelo

Edital de Teatro - Lei Aldir Blanc Pará.


Texto: Luciana Medeiros (HOLOFOTE VIRTUAL)

98 visualizações