Cantora e compositora Alê Navegantes lança single do seu primeiro EP

#AlêNavegantes


Imagem: Iolanda Matos / Divulgação.

O mundo da arte não tem limites quando se tem talento. Esta é a frase que ilustra a vida da cantora e compositora paraense Alê Navegantes, que lança nesta segunda-feira, 20, às 00h, seu novo single “Tudo vale a pena”, que vai iniciar uma sequência de lançamentos com intervalos de 15 dias, onde juntos vão apresentar seu primeiro EP, composto por 5 músicas, que foi batizado com o nome da artista e conta com produção da Benítez Produções, com arranjos e produção de Willy Benítez.




No dia 25 deste mês, Alê prepara ainda o lançamento do videoclipe do seu primeiro single, que será disponibilizado no seu canal do YouTube. O trabalho será composto ainda pelas canções: “Tudo vale a pena”, “Brega pra Cachorro”, “Só um pouquinho”, “Quem é o meu dono?” e “Mais amor”.




“A música ‘Tudo vale a Pena’, surgiu de uma situação que vivi no meu atual relacionamento. Na música eu falo que no amor tudo vale a pena, tentar concertar as coisas quando valem a pena. Você saber identificar o que está acontecendo e tentar se acertar quando as coisas mudam no dia a dia, de coisas que não são faladas, afinal são duas almas diferentes que precisam se entender. Isso eu abordo em qualquer tipo de amor. Toda forma de amar vale a pena”, explica a Alê sobre o processo de composição do seu primeiro single.





O novo trabalho da artista multitalentos, possui canções que navegam por uma variedade de ritmos, que Alê declara ser uma pegada diferenciada: “Digo que meu estilo é uma MPB Pop, mas nada me impede de fazer algo mais dançante como ‘Brega pra Cachorro’, para falar decoisas do cotidiano, ou algumas letras empoderadas como ‘Quem é o meu dono’, ou descoberta de um amor como o que é retratado em ‘Retalhos de uma paixão’”.




Alê Navegantes, cantora profissional que atua há 8 anos na cena musical de Belém do Pará, também compõe canções que são sucessos nas vozes de diversos cantores da cidade: “Essa pegada de compositora sempre existiu no meu coração, sempre gostei de ler e escrever e montar histórias, aprendi a tocar um pouco de violão e assim fiz várias canções”.




Com inspiração musical desde criança e dentro da própria casa, Alê tem seu pai como grande guia para a sua carreira profissional: “Desde muito nova sempre fui muito musical, meu pai cantou em bandas aqui em Belém do Pará nos anos 1970 e 1980. Não tive essa oportunidade quando era mais jovem, e só fui cantar quando já tinha 37 anos”.



A cantora e compositora paraense, que já morou no Espírito Santo durante 20 anos, ficou distante da paixão musical por um longo período, mas tudo mudou quando a artista voltou para os solos paraenses: “Quando mudei para Belém, resolvi me reinventar e como meu irmão já tocava, fui me inserindo no cenário musical da cidade, e deu certo. De cara comecei a cantar na Estação das Docas e lá fiquei por quase 5 anos fazendo mês sim mês não, cantei em muitos lugares de Belém”.




O que para muitos pode parecer uma tarefa impossível, para Alê Navegantes, é algo que lhe traz prazer e realização pessoal: “Sempre fui muito de leitura e também sonhadora. Toda vez que escutava uma música eu imaginava uma cena, e pensava muito sobre o que levou o compositor a escrever aquela letra. Eu ouvia muito Chico Buarque e as letras dele são incríveis. Escrever música foi de repente. Um dia escrevi ‘Declaração’, veio a letra e a melodia toda da música e comecei me forçar a compor. Lí sobre o assunto e fui praticando. Eu penso em música 24h por dia. Por mim criava todo dia”, declara.




A sua habilidade em retratar nas letras, situações cotidianas que são espelhadas em grande parte das pessoas, ao falar de amor, saudade, memórias e sentimentos nostálgicos, a compositora encontra ainda muito prazer de ouvir na voz de outros artistas, letras que saíram do seu coração: “Eu fico muito feliz em ver algo que saiu da minha cabeça se transformar em música. Isso é mágico e uma coisa muito importante pra mim. É como ver um filho ganhar asas, não tenho ciúme de vê-las alçarem seus próprios voos”, retrata.





Siga Alê Navegantes nas suas Redes Sociais (Instagram e YouTube)

Serviço: Cantora e compositora paraense Alê Navegantes, lança primeiro single “Tudo Vale a Pena”, do seu primeiro EP, que leva seu nome, nesta segunda-feira, 20, a partir das 00h, nas plataformas digitais. No dia 25 de setembro, chega no canal do YouTube da artista, o videoclipe que ilustra seu novo single. No dia 1° de outubro, Alê realiza show pós-lançamento no Café com Arte às 21h.


Texto: Luana Moraes (91) 98239-1988 (Assessoria de Imprensa)

173 visualizações