Cantor e compositor Olivêra lança Clipe de "Num outdoor, volta pra mim"

#Música


Imagem: divulgação.

O vídeo foi produzido pelo próprio Olivêra, junto com a Estrela do Carmo, e acabou de lançado no seu canal no youtube. A ideia do clipe surgiu para que fosse algo simples, porém impactante. A inspiração veio após estudos sobre filmes de terror psicológico e buscando referências como o filme Donnie Darko. Ele quer passar a ideia da Saudade, como um ou vários fantasmas a nós assombrar. As máscaras são esses fantasmas que nos perseguem, nos assombram e não nos deixam esquecer. E foi gravado na própria casa do Olivêra.





Num outdoor, volta pra mim: Mesclando jovem-guarda e batidas eletrônicas, Olivêra consolida o estilo démodé futurista em Num outdoor, volta pra mim, seu mais recente single, com lançamento no dia 19 de novembro, em todas as plataformas digitais. Falando sobre saudade, memórias e a dor da ausência, a faixa une o que há de mais clássico nas canções de amor, ao ritmo e aos beats típicos do século XXI.





Composição de Olivêra, a música é uma coprodução com Jésus.Pity, responsável pelamixagem e masterização, além da gravação da base eletrônica e da guitarra. Com participação especial de Rayana Toledo, no backing vocal, a canção é um monólogo a partir de um dueto melancólico sobre a dificuldade de superar a perda de um grande amor.




Com uma clara referência à obra de Roberto Carlos, em especial às músicas, Às canções que você fez pra mim e Detalhes, e ao bordão consagrado pela apresentadora Roberta Martinelli, em um sampler pra lá de sugestivo, Num outdoor volta pra mim une gerações e não surpreende Robertos e Robertas, que sabem como é duro desatar os nós, na garganta e outros mais.





Produzido de forma remota, em home-studios de Belo Horizonte e São Paulo, a faixa é uma parceria de dois amigos que fazem música juntos desde a adolescência, no bairro Jardim Panorama, em Ipatinga-MG, e que agora lançam o primeiro trabalho autoral. Jésus.Pity é cantor, compositor, multi-instrumentista, produtor musical e engenheiro eletricista. Com forte influência de música brasileira, como samba, ijexá e soul, aos 33 anos, prepara o lançamento de suas primeiras composições.





Sobre Olivêra: Artista de 35 anos, há mais de 15 anos nos palcos da vida, contando histórias e a beleza de amores e das relações, Olivêra é violonista, contrabaixista, produtor musical e jornalista. Brasileiro nato, também é vocalista do Tchanzinho Zona Norte, sendo também o compositor do hino deste bloco carnavalesco, destaque em BH. Em novembro de 2019, lançou seu primeiro filme, Canções Ingratas - uma cinepoesia, produção independente em parceria com Estrela do Carmo, videomaker de Ribeirão das Neves.




Principal expoente do démodé futurismo, em seus outros 3 álbuns (com a alcunha de

Marcos Sandália & Meia), 'Teimoso, vaidoso e outros defeitos mais' (2017); 'Canções

Ingratas' (2018); e 'Esqueça a cortesia, rasgue a poesia' (2019); Olivêra destacou-se pela

linguagem simples, apaixonada, espirituosa e nostálgica, resultando no que a bibliografia definiu como brega-rock-jovem-guardista-conceitual. Em resumo, hoje Olivêra explora sonoridades que vão do samba à música caipira, sem abrir mão das baladas ou da energia eloquente do rock.



Serviço: Saiba mais sobre Olivêra em suas Redes Sociais (Instagram e Site)

Contato (31) 9287-3823.


Texto: Gil Oliveira (11) 98931-8286 (SE Assessoria e Produção).