Belém ganha novo espaço de exibição audiovisual independente

#ADUFPA

#CineResistência

O pássaro e o rio - Imagem: homenagem in memorian à Suelene Pavão / Divulgação.

A Associação de Docentes da Universidade Federal do Pará - ADUFPA-SS, lança nesta sexta-feira, 1° de outubro, o Cine Resistência, um espaço aberto à produção audiovisual independente, ao pensamento crítico e às discussões político-sociais por meio da sétima arte. O Cine Resistência ocorrerá sempre na primeira sexta-feira do mês, com convidados e debate após a exibição.




A première ocorrerá na Casa do Professor - sede social do sindicato, com transmissão ao vivo (via Facebook), a partir das 17h. Serão exibidos dois curtas-metragens produzidos sob a direção da professora Suelene Pavão, que foi docente da UFPA e ex-diretora da ADUFPA. “Amolação” mostra o trabalho invisível dos tradicionais amoladores da Travessa Frei Gil (Campina) e “Soledade 1850: Revelando Práticas Mortuárias Arte Des-igualdade Social”, obra que foi resultado da disciplina “Sociologia da Arte”, ministrada para a turma de Museologia (2010). Suelene também assina, ao lado de Bio Souza e Rael Hélyan, a direção de “Severa Romana, a santa popular milagreira” (2007), curta metragem ambientado no início do século XX, que conta a história de uma jovem brutalmente assassinada, crime que chocou a sociedade paraense da época. A obra, muito bem recebida pelo público, será exibida em outra sessão do Cine Resistência.





Suelene Leite Pavão se aposentou da Faculdade de Ciências Sociais no ano de 2018, atuou no Colegiado do Curso e no Departamento de Ciências Sócio-políticas do antigo Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH), onde também ocupou o cargo de vice-diretora nos anos 1990. Também atuou no Instituto de Ciências da Arte. Nas atividades de docência, contribuiu com a formação de várias gerações de sociólogos, alguns hoje professores da Faculdade de Ciências Sociais (FACS) e outras Unidades Acadêmicas da UFPA.




No dia 02 de outubro a professora completará um ano de falecida, e a abertura deste espaço alternativo, será uma homenagem in memorian à docente que tanto contribuiu nas lutas sindicais, razão pela qual também ocorrerá o lançamento da “Galeria Suelene Pavão”, espaço virtual dedicado à produção artística da categoria docente.




Após o período de exposição de informações e obras de Suelene, o espaço estará aberto, de forma rotativa, a outros associados da ADUFPA que tenham interesse em expor suas produções na galeria, que pode ser acessada no site adufpa.org.br .



Atendendo às medidas de biossegurança, o acesso ao lançamento do Cine Resistência, bem como suas exibições mensais, terá limite de público (50 pessoas); obrigatoriedade ao uso de máscara e respeito ao distanciamento social.





SERVIÇO: Première “Cine Resistência” e homenagem in memorian à Suelene Pavão. Dia

Sexta-feira (01.10). Local: Casa do Professor e transmissão no Facebook. A partir de 17h.

Informações Danielle Ferreira (91) 98139-1121 / Priscila Duque (91) 98357-1216.


Texto: Assessoria ADUFPA-SS

182 visualizações

Posts recentes

Ver tudo