Banda Móbile Lunar lança longa-metragem neste sábado (25/09)

#MóbileLunar

#LongaMetragem

Imagem: divulgação.

Neste sábado, 25 de setembro, a banda paraense Móbile Lunar lança o documentário musical "Móbile Lunar - Sonhos", o segundo longa-metragem da banda, e faz parte do lançamento de seu álbum de estreia: Feroz. A banda que teve seu álbum de estreia elogiado por Guilherme Arantes e foi selecionada para participar do Se Rasgum 2021, lança o filme neste sábado, 25, com exibição no Teatro do SESI às 20 horas. A entrada é gratuita e a classificação livre.




Com roteiro de Laércio Esteves e André Moska, integrantes da banda, o segundo filme da Móbile é um documentário musical que traz performance ao vivo, do álbum, gravado no Teatro do Sesi no final de 2020, além de misturar imagens produzidas especialmente para o filme, cenas de arquivos pessoais, já outras foram captadas por pessoas que acompanham a trajetória da Móbile e que registraram suas casas em período de lockdown.




“A performance musical foi gravada no Teatro do Sesi em dezembro de 2020, mas a produção das imagens teve dinâmicas distintas: umas foram produzidas especialmente para o filme, outras são cenas de arquivos pessoais e outras captadas pelos nossos fãs. O filme acaba contando como o sonho Lunar vem se formando e evoluindo em meio a todas essas circunstâncias brasileiras e amazônicas. Selecionamos as imagens que tivessem relação com esse sonho”, conta Laércio Esteves, guitarrista da banda e roteirista do filme.





Móbile Lunar - Sonhos parte do desejo de deixar claro que, apesar das composições da banda cantarem temas universais, o que realmente os inspira são elementos do universo amazônico. Quando a Móbile canta as viagens espaciais, a busca de um cachorro na lua, na realidade a inspiração está na cidade de Colares/PA, onde, na década de 70, houve uma missão militar realizada pela Força Aérea Brasileira, devido ao aparecimento de OVNI’s.




“Por que nos filmes espaciais os foguetes nunca saem da Amazônia? Esse filme parte do desejo de esclarecer que, apesar das composições do álbum Feroz cantarem temas universais, o que realmente nos inspira são elementos do universo amazônico. Quando a Móbile fala sobre a chuva e a cidade, é da cidade amazônica que ela trata, que ora é concreto, que ora é rio, que ora é palafita, que ora é prédio. De alguma forma, a lua que inspira o rock da Móbile é a mesma que inspira o Carimbó do Verequete e as composições instrumentais de Guitarrada do Pio Lobato. Os temas são universais, mas as inspirações são do universo amazônico”, conta Laércio.




“A estreia do filme será no Teatro do SESI, mas estamos fechando exibição em outros cinemas e espaços para exibições até o final de 2021. Queremos primeiro que as pessoas tenham a experiência de assistir nas telas grandes e em sons de qualidade. Em seguida, tentaremos algum canal por assinatura de veiculação nacional. Aí sim, o filme ficará disponível no Youtube no canal da banda, junto com nosso 1° longa-metragem, que já está lá”, explica Joelle Mesquista, produtora da Móbile.




Sinopse – Paisagens idílicas, ritos e narrativas do cotidiano urbano amazônico, viagens espaciais, um cachorro morando na lua, invisibilidade social, astronautas, espiritualidade e roupas estravagantes. Esses são alguns dos elementos que o documentário musical "Móbile Lunar - Sonhos" apresenta em meio a uma viagem pela paisagem poética, visual e sonora da Amazônia onírica, surreal e concreta que inspirou uma banda do norte do Brasil a compor o seu álbum de estreia. O filme traz relatos dos integrantes da banda e performance ao vivo, do álbum, gravado no Teatro do Sesi no final de 2020.





Serviço: Lançamento do filme Móbile Lunar - Sonhos da banda paraense Móbile Lunar

Local: Teatro do SESI (Avenida Almirante Barroso, 2540 - Bairro: Marco – Belém) Dia: 25 de setembro de 2021 (sábado) Horário: 20h. Ingresso: gratuito, mas limitado, pois o teatro só está com 40% da capacidade liberada.


Para garantir os ingressos antecipados, é só acessar o Instagram da banda (@mobilelunar) e se inscrever no link que está na bio.


Texto: Sonia Ferro: (91) 98026-1595 (Lambada Produções)

81 visualizações