top of page

Ananindeua recebe segunda edição da Lambateria neste sábado, 12

Imagem: divulgação.



Exatamente um mês após a primeira edição que foi um sucesso, a Lambateria volta aAnanindeua e, desta vez, reforça a programação que terá além de Félix Robatto, LucyanCosta e DJ Rebarbada, que participaram da primeira edição, Bruno Benitez, Keila e NiraDuarte com o projeto “Brega Delas”. O local permanece o mesmo: o Black Pub. A festa será neste sábado, 12 de março, a partir das 21 horas.




“Como esperávamos, a primeira edição em Ananindeua foi muito bacana. Pudemos ter contato com um público novo, de Ananindeua, mas muita gente foi de Belém para conhecer a casa e prestigiar a festa. Ananindeua tem uma vida noturna super movimentada e foi muito bacana a gente fazer parte dessa programação, compartilhando experiências”, conta Félix Robatto, guitarrista, produtor musical e idealizador da festa.




A Lambateria foi criada em junho de 2016 a partir do conceito musical do segundo disco do músico, Belemgue Banger, que é fruto de uma pesquisa sobre as origens da Lambada, e o objetivo sempre foi fazer o público dançar. Mais do que uma festa de música latino-amazônica, a Lambateria é um espaço de resistência e valorização da cultura latino-amazônica, movimentando a cena musical a partir da sonoridade do nosso Estado, misturando a nova e a tradicional música feita no Pará.





Neste sábado, 12, a segunda edição da Lambateria Ananindeua terá o repertório dançante de Félix Robatto e seu Conjunto que vai da Lambada e Guitarrada ao Brega, com o reforço das participações especiais de Lucyan Costa e Bruno Benitez.




Na sequência, a festa terá a apresentação do “Brega Delas”, projeto que reúne duas importantes vozes do Brega paraense: Keila e Nira Duarte. O repertório deste show faz um passeio pelas diferentes vertentes do Brega, indo do Passadão ao EletroMelody. Entre um show e outro, a discotecagem é com a DJ Rebarbada, que toca os clássicos dos bailes paraenses.




“A descentralização da cena cultural é importante pra todo mundo: público e artistas. A aproximação da região metropolitana, através da música e da dança, é muito bom pra difusão da música paraense. Já levamos a Lambateria pra outros Estados e mais recentemente teve em Alter do Chão, em Santarém. Temos vontade de fazer Lambateria

em Marituba, Santa Izabel, Castanhal etc, mas é preciso uma logística. A vontade é grande, um dia acontece”, relembra Félix.





Serviço:

Lambateria Ananindeua - Local: Black Pub (Arterial 18 WE 68) Dia: Sábado (12/03) Hora: A partir das 21 horas. Mais informações em: @lambateria / (91) 98471-5954 / 98367-3796.



Texto: Lambada Produções (@lambadaproducoes)



Palavras-Chave





Opmerkingen


bottom of page