top of page

Amazônia Luz convida público a programação natalina em pontos da orla de Belém

Amazônia Luz - Imagem: divulgação.

O Natal navega pelos rios da orla de Belém no projeto Amazônia Luz, que convida o público para estar a bordo de uma embarcação decorada no clima natalino. O roteiro visita diversos pontos turísticos da capital, fazendo paradas para receber o público apresentando programação para toda a família com contação de histórias e uma galeria de arte com painéis de grafite. O projeto segue até o dia 28, com visitação gratuita na Escadinha da Estação das Docas, Praça Princesa Isabel, Cotijuba, Icoaraci e Combu.




O acesso ao barco, em cada um desses pontos, acontece das 19h às 22h, em grupos de 50 pessoas, a cada 30 minutos. A entrada é gratuita e censura livre. Como medida de contenção da Covid-19, será necessário a apresentação da carteira de vacinação com as duas doses tomadas, obrigatório uso de máscara, aferição de temperatura e higienização das mãos na entrada do barco.




“É a primeira vez que a gente consegue fazer uma decoração desse porte, onde a população ribeirinha também vai poder visualizar e usufruir. A estrutura de iluminação do ferry-boat e as atrações dentro dele também servem para resgatar o espírito natalino com as nossas identidades regionais. As pessoas devem visitar a embarcação por onde ela passar”, diz Michelle Miranda, analista de Sustentabilidade da Equatorial Pará.





Para a produtora do projeto Lany Cavaléro “a proposta é trazer o público para o encantamento do natal sem perder a nossa identidade amazônida. Durante a visitação o barco estará parado no local onde a população poderá fazer fotos e participar da programação com papai noel, contação de histórias e exposição de artes em seu interior”.




Programação: A embarcação traz um andar inteiro de exposição com obras de dez artistas produzidos pela Tinta Preta, produtora de arte urbana. Reunimos grafiteiros paraenses que trouxeram sua leitura singular sobre o natal amazônico. São obras que retratam com formas e cores o imaginário ribeirinho, comentam Wbs Barros e Mina Ribeirinha, curados da mostra.




O projeto Amazônia Luz também convida o público ao mundo dos sons. Com curadoria das músicas natalinas assinada por Pedrinho Cavalléro, a trilha sonora da exposição traz autores paraenses como Salomão Habbib e Ronaldo Silva.



Imagem: divulgação.


Também serão apresentadas 60 sessões de contação de história, com um vasto elenco de artistas, que conta com Cléber Cajun, Ana Chorona, Grupo Folha de Papel, Maíra Monteiro, Lu Maués, Marluce Araújo, Janete Borges, Katulo Gutierrez e Alci Santos. “São histórias com temáticas natalina e amazônica, voltadas para o público infantil mas que possuem uma qualidade que abraça também o público adulto. Ou seja, estamos trabalhando para a família”, destaca Kadu Santoro, ator, arte-educador e curador da programação de contação de história do projeto.




“O poder de ludicidade e encantamento que uma história pode criar é fabuloso para a formação do ser humano. As histórias criam nas crianças imagens, possibilidades e isso faz que, no decorrer de sua vida, ela se torne mais empática, criativa e mais proativa”, comenta Santoro.




Serviço: Projeto Amazônia Luz tem programação gratuita até 28 de dezembro, de 19h às 22h. Entrada franca.



Texto: Gil Sóter (91) 98942-4037 (Assessoria de Imprensa)




Palavras-Chaves


Comments


bottom of page