top of page

Amazônia Encena na Rua toma conta da Praça da República

#Encenação


Desde domingo (5) que é assim. A partir das 19h, o anfiteatro se ilumina e se torna palco para grupos vindos de todos os estados da Amazônia Legal. A programação conta também com oficinas e espetáculos convidados. Os sotaques amazônicos, porém, predominam. Tem artistas de Manaus, Acre, Rondônia, Tocantins, Maranhão, Amapá, Roraima, Mato Grosso e Pará, claro.




Neste sábado (11), pela manhã (9h), será realizado, também na praça da República, o IV Seminário Amazônico de Teatro de Rua e, à noite (19h), serão apresentados mais dois espetáculos convidados de fora da Amazônia Legal. “Os cenouras”, do Grupo Valdevinos de Oliveira (RJ), e “As Aventuras de Baltazar no Reino dos Mamulengos”, com Mamulengo sem Fronteiras (DF).




A programação vai até este domingo (12), quando o festival encerra sua estadia em Belém, com a apresentação dos espetáculos: “Fashion Fake - A roupa quase nova do rei”, com Cia de teatro Madalenas (SP), e “Sodade”, com Cia Panorando.





A edição especial realizada em nosso estado, é na verdade a 13a para o ator, clown e ativista cultural Chicão Santos, que coordena o Festival Amazônia Encena na Rua, desde 2007, em Porto Velho (RO). E depois de Belém, a equipe do projeto segue com mais apresentações e ações formativas por municípios de Xinguara, Marabá e Parauapebas.




Em todos os dias há tradução em LIBRAS com os intérpretes Fabiana e André, para gerar acessibilidade de conteúdo para a comunidade surda. O XIII Amazônia Encena Na Rua tem patrocínio do Instituto Cultural Vale, com realização da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal. A iniciativa é do O Imaginário.




Serviço: Toda a programação e informações sobre os grupos estão disponíveis no site

https://amazoniaencena.com.br , Instagram @amazoniaencenarua


Texto: Luciana Medeiros (Assessoria de Imprensa - @holofote_virtual)


Palavras-Chave



bottom of page