Amazônia Doc lança site e mostra de filmes paraenses on-line

#AmazoniaDoc #Filmes


Imagem: divulgação.

O 6ºAmazônia Doc – Festival Pan Amazônico de Cinema vai lançar, em abril, um novo site e também uma Mostra de filmes Paraenses on-line. “O adiamento das Mostras presenciais de filmes inéditos da Pan-Amazônia ficaram para o final do 2º semestre, como todos já sabem, é uma medida de prevenção, que faz parte de um conjunto de orientações da OMS”, diz Zienhe Castro, diretora geral do festival. Fiquem ligados em breve tem mais informações.




Em abril, será realizada a “Mostra Égua do Filme”, que reunirá diversos filmes paraenses. Os que forem selecionados pela curadoria do Amazônia Doc on Line serão exibidos e também serão registrados em catálogo digital, com suas informações de produção. Interessados em inscrever seu filme, podem preencher um formulário que estará disponível no site e nas redes sociais do festival. Em maio também está prevista a realização de uma oficina gratuita de realização de documentário, em quatro módulos: Roteiro, Direção, Fotografia e Som. As inscrições abrirão em breve.




As inscrições para a seleção de filmes que formarão as Mostras Pan-Amazônica e Amazônia Legal no segundo semestre, continuam abertas até dia 17 de abril. Além de filmes documentários curtas (de até 25 minutos) e Telefilmes/longas-metragens (com mínimo de 52 minutos), também serão aceitos médias-metragens até 51 minutos, que participarão da mostra competitiva juntamente com os curta-metragens. O edital completo e as informações para a submissão estão no site http://amazoniadoc.com.br .




Este ano, também como inovação, a programação vai trazer mais dois festivais, a 1ª edição do Festival As Amazonas do Cinema, cuja convocatória de inscrições será de 20 de abril a 30 de maio, e o 1º Curta Escolas, que já havia iniciado as oficinas nas escolas, que foram suspensas também por medida de prevenção à Covid-19. A premiação vai contemplar curtas produzidos por Jovens do ensino médio das Escolas Públicas integrantes dos Territórios de Pacificação (TERPAZ) do Governo do Estado do Pará.




Texto: Luciana Medeiros (Holofote Virtual).

15 visualizações